Time Out Rio de Janeiro

Umas e outras

A linguagem e a imagem de Lenora de Barros  

Este evento terminou

Umas e outras

Data 28 Ago 2013-27 Out 2013

Horário de funcionamento Ter-dom, 13h-21h

Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema

Telefone (21) 2332 2016

Estações próximas
Metrô General Osório

Quando você entra no salão de exibição da Casa de Cultura Laura Alvim, se depara entre uma partida de xadrez. Dos dois lados Lenora de Barros joga com si mesma, variando de lugar a cada jogada, nos vídeos denominados “Em si as mesmas”. Uma e outras, em exibição até o dia 27 de outubro, tem curadoria de Glória Ferreira e reúne algumas das colunas assinadas pela artista, publicadas no Jornal A Tarde de São Paulo. Muito do conteúdo publicado serviu de inspiração para suas obras. Ao todo, são 65 textos e ilustrações realizados na década de 1990, além de dois vídeos inéditos e uma intervenção.

O espaço no jornal serviu para experiências poéticas e visuais, através da fotografia e pesquisa de curiosidades. Um bom exemplo é o trabalho “Procuro-me” (2011), uma série de fotografias da artista que fazem referência direta ao FBI e também a obra “Wanted”, de Marcel Duchamp. Além disso, suas colunas apresentam diálogos com outros artistas, como Lygia Clark, Tunga, Hélio Oiticica, Cindy Sherman. Onde a artista foi buscar inspiração, brincando com as ideias dos trabalhos, de forma inusitada e criativa.

Mais adiante, na sala principal do Laura Alvim, é possível ouvir a voz de Lenora lendo algumas frases dessas colunas, repetidamente. “Cortar caminhos é cortar caminhos para caminhar-se?”, da Lygia Clark, ou “escrever mensagem para a mensagem não ler”. Entre três vídeos, a câmera dá um zoom na boca da artista e as imagens variam, novamente, entre a partida de xadrez e as manchetes. O que aproxima o espectador ao universo performático dessa artista, que usa a palavra como fonte.

Para o professor de história da arte e curador, Tadeu Chiarelli, “poesia, artes performáticas e artes plásticas se juntam em uma síntese única sob o signo da objetividade fotográfica” na obra de Lenora de Barros. Considerada uma poeta e artista visual, Lenora é formada em linguística pela Universidade de São Paulo. Seu trabalho se desenvolve a partir de diversas linguagens, como o vídeo, a performance poética, a fotografia e a instalação. A artista já participou de Bienais como 7º Bienal do Mercosul (Porto Alegre, RS), Bienal de Cerveira (Portugal – 2013) e a Bienal de Thessaloniki (Grécia – 2013).
 

Escrito por Nice Jourdan
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Restaurantes próximos

Opium

Opium

185m

Mio

Mio

231m

Rota 66

Rota 66

239m

Galitos Grill

Galitos Grill

259m

Fasano Al Mare

Fasano Al Mare

311m

Bares próximos

Astor

Astor

180m

SubAstor

SubAstor

187m

Rota 66

Rota 66

239m

Bar Popeye

Bar Popeye

283m

Baretto Londra

Baretto Londra

351m

Cafés próximos

Colher de Pau

Colher de Pau

223m

Cafeína

Cafeína

232m

Kopenhagen

Kopenhagen

328m

Padaria e Confeitaria Panorama

Padaria e Confeitaria Panorama

512m

Gringo Café

Gringo Café

532m