Time Out Rio de Janeiro

Meu Bem

Exposição faz panorâmica do trabalho de Beatriz Milhazes 

Meu Bem

Horário de funcionamento Ter-dom, 12h-18h

praça XV , Centro

Telefone (21) 2533 4359

Estações próximas
metrô Carioca

Uma artista que definitivamente tem a cara do Brasil é Beatriz Milhazes. Sua pintura é marcada por cores fortes e vibrantes, são flores gráficas que vão dando vida as formas. O que dá um tom incomparável ao seu trabalho. Por isso, é possível reconhecer um quadro de Milhazes à distância, mesmo misturado a outras telas. Esse, talvez, seja um dos motivos pelo qual ela é considerada uma das artistas brasileiras mais valorizadas no mercado das artes internacional. Pinturas como “Meu limão” (2000) e “O mágico” (2001) foram vendidas por algumas cifras milionárias nas casas de leilão mais importantes do mundo, como Sotheby’s e Christie’s. Agora, quase 11 anos sem expor na sua cidade natal, Beatriz apresenta uma série de pinturas produzidas ao longo de sua carreira, na mostra “Meu Bem”, em cartaz no Paço Imperial até o dia 27 de outubro.

Ao todo são 60 obras, entre pinturas, colagens, gravuras e um grande móbile. Algumas expostas lado a lado, apresentam como a problematização do trabalho de Milhazes vem sendo trabalhada em sua carreira. Por exemplo, “Me Perdoa, Te Perdoo”, de 1989 (quatro anos depois da primeira individual de Milhazes), e “Lavanda”, de 2012-2013, exibidos próximos, montram um diálogo no trabalho de Milhazes.

A exposição funciona de terça a domingo, do meio-dia à 18h, tem curadoria do francês Frédéric Paul. E, segundo ele, “Beatriz reivindica laços fortes com a modernidade europeia e está em pé de igualdade na cena contemporânea, na qual abala os códigos muitas vezes pouco sábios da abstração” .

A artista tem uma forte participação no cenário das artes plásticas brasileiras. Em 1980 participou emblemática mostra “Como vai você, geração 80?”, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, junto a grandes nomes como Adriana Varejão, Daniel Senise, Luiz Zerbini, Leonilson, entre outros mestres das artes plásticas do país.
 

Escrito por Nice Jourdan
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Restaurantes próximos

Cortés

Cortés

99m

Hachiko

Hachiko

291m

Coccinelle

Coccinelle

535m

Tempeh

Tempeh

568m

Casarão 1881

Casarão 1881

606m

Bares próximos

Amarelinho

Amarelinho

620m

Bar Luiz

Bar Luiz

891m

Choperia Brazooka

Choperia Brazooka

1255m

Favellas

Favellas

1262m

Semente

Semente

1265m

Cafés próximos

Besi

Besi

559m

Brasserie Rosário

Brasserie Rosário

634m

Confeitaria Itajaí

Confeitaria Itajaí

669m

Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo

743m

Mundo Verde

Mundo Verde

844m