Time Out Rio de Janeiro

Alberto Giacometti: coleção

 A primeira restrospectiva do artista suíço em solo brasileiro

Este evento terminou

Alberto Giacometti: coleção

Preço de R$ 6 até R$ 12Passe família (até 5 pessoas) R$ 12. Quarta-feira grátis depois das 15h.

Data 18 Jul 2012-16 Set 2012

Horário de funcionamento Ter-Sexta 12h-18h: Sábado e Domingo 12h-19h (Encerra às Segundas)

Av Infante Dom Henrique 85 , Flamengo

Telefone (21) 2240-4944

Estações próximas
metrô Cinelândia

 O Museu de Arte Moderna celebra a vida e a obra de Alberto Giacometti com a exposição de alto nível "Coleção da Fondation Alberto et Annette Giacometti, Paris". A mostra marca não só o mais completo olhar sobre suas notáveis esculturas de bronze e mármore na América do Sul, como assinala também o primeiro arquivo público no continente do trabalho do artista, com a escultura "Quatre Femmes sur Socle '(1950 ) passando a fazer parte da coleção permanente.

A exposição abre com uma série de fotografias a preto e branco do artista em situações de trabalho, esculpindo sua esposa, Annette, por exemplo, e com seus amigos, incluindo o existencialista Jean-Paul Sartre, algumas poses para revistas e outros cliques um pouco mais pessoais. Começando com o artista ainda criança no estúdio suíço do seu pai, seguem-se imagens da oficina sombria em Paris onde, muitas vezes, com raiva destruía a obra de uma noite inteira resultado de frustração, momentos anti-glória de gesso espalhado capturados pela câmera.

No andar de cima o público pode contemplar as primeiras pinturas notáveis de ​​Giacometti, os desenhos de sua mãe e um busto de seu irmão Diego exibem o talento prodigioso já dando sinais ainda na adolescência. Depois disso, suas primeiras pinceladas na arte africana são transmitidas em obras como as máscaras tribais do 'Le cuple "(1927), que chamou a atenção do público em Paris e levou a primeira série de esculturas de formas femininas e bustos ao mundo dos surrealistas. Destas obras, uma versão de 1965 do seu "Boule suspendue" (1931) é destaque juntamente com 'Femme qui Marche "(1932), trabalhos antes de desenvolver sua obsessão com a cabeça humana e as suas dimensões.

As grandes obras de bronze que tornaram Giacometti mais conhecido preenchem o espaço, proporções e ângulos de cabeças em plintos e seus narizes grotescos. O bustos entre seis centímetros a dois metros de altura em bronze, uns fixos outros em movimento, impressionaram Jean-Paul Sartre que escreveu "Giacometti trouxe de volta um espaço imaginário e indivisível para as estátuas. Ele foi o primeiro a ter a estátua na sua cabeça para esculpir o homem como ele aparece, isto é, de longe"

Litografias e desenhos da vistas para as montanhas de casa de sua família na Suíça e de viagens ocupam o terceiro andar, uma fonte de inspiração muito afastada de sua obsessão com a forma humana. Os bustos e pinturas daqueles ao seu redor, no entanto, são uma constante, criando semelhanças de sua esposa, Annette, e até mesmo da cozinheira de sua mãe, Rita, injetando sua alma inconfundível nas multidões de bronze no MAM

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Restaurantes próximos

Cortés

Cortés

595m

Hachiko

Hachiko

918m

Casa da Suíça

Casa da Suíça

1083m

Bar Brasil

Bar Brasil

1140m

Coccinelle

Coccinelle

1147m

Bares próximos

Amarelinho

Amarelinho

593m

Semente

Semente

889m

Favellas

Favellas

1110m

Choperia Brazooka

Choperia Brazooka

1113m

Caipirinha de Barril

Caipirinha de Barril

1143m

Cafés próximos

Confeitaria Itajaí

Confeitaria Itajaí

1005m

Besi

Besi

1118m

Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo

1126m

Mundo Verde

Mundo Verde

1229m

Brasserie Rosário

Brasserie Rosário

1245m