Time Out Rio de Janeiro

Onda paulistana na noite carioca

Luz ambiente, drinks elaborados e gastronomia inovadora.

"Pé-sujo, pé-limpo, botequim carioca.… Nada disso fazia parte da minha cultura! E por isso, percebi que eu não tinha para onde sair aqui no Rio", conta Fábio Batistella.

Paulista-paulistano, Fábio sempre gostou de se aventurar na cozinha. De churrasqueiro entre amigos até entrar na Cordon Blue, em Londres, quando jogou a caneta para o ar e resolveu enfim "seguir seu sonho". Depois de ter morado fora por dez anos, foi o encanto pelo Rio que trouxe nosso chef de volta à terra Brasilis. 

Aqui, conheceu seus sócios Fernando, advogado, Vitor e Marcelo, marketeiros. Juntando tudo isso, nasceu a possibilidade de montar algo novo, que unisse o entretenimento à experiência de bar. E foi exatamente por esta falta de um lugar para ir que ele resolveu montar o seu próprio bar, com um conceito bastante diferente da cultura soberana do botequim carioca: cerveja gelada na calçada.

E assim nasceu o conceito do Meza bar, que é frequentado por gente bonita das mais diversas tribos, que se misturam em plena harmonia e fazem todos juntos a cara do lugar. Certamente preenchendo uma lacuna de bar com luz ambiente e gastronomia mais elaborada, o Meza levou em 2010 o prêmio de melhor carta de drinks do Rio, escolhido pelas principais mídias da cidade.

O Mangotine é a recomendação do chef para quem quer seguir na vodka: manga com pimenta (R$19). O apple mojito é preparado com todo o esmero pelos dedicadíssimos barmen, perfeito para quem quer bebericar um bom drink refrescante (R$18,50).

Os potinhos, porções pequenas de deliciosos pratos gourmet, são intencionalmente pequenos, que é justamente para que ninguém se sinta pesado após a refeição e possa continuar bebendo, conversando e até dançando, se quiser ir do Meza para outro lugar.

A parte de fora fica mais dedicada para a turma do social. Ali, as pessoas sentam em banquinhos e conseguem circular livremente pelas rodinhas em pé, entre um papo e um cigarro.

Justamente porque o Meza está sempre borbulhando de gente, a cidade ganhou um anexo, um braço gêmeo dessa fórmula de sucesso, logo ali, a poucos passos. Cumprindo com a mesma vibe moderninha, o Doiz recebe a turma do social que prefere buscar seu drink direto no bar e ficar mais livre para circular entre o lounge, o balcão aberto e a mesma moçada bonita do seu bar original.

Todas as terças-feiras tem Dj Edinho, residente da famosa festa Paradiso, e às quartas-feiras tem Dj Corello, nada menos que o criador do gênero musical charme, irmão do funk.

E esse empresário dedicado às maravilhas da noite não para por aí... Hostels temáticos é o que está por vir! Isso mesmo! Hostels que abriguem os loucos por cozinha, outro que agrupe os músicos e por aí vai! Se depender da "boa onda" construída em volta dos gastropubs, vêm aí mais fórmulas de sucesso.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Dia das Mães 2017

Páscoa 2017 no Rio

5 novos bares e restaurantes no Rio