Time Out Rio de Janeiro

Bar do Alto

Maravilhas que vão além do visual do Morro da Babilônia

Bar do Alto

Preço reserva@bardoalto.com.br

Aceita todos os cartões

Horário de funcionamento Seg-sex: 12h-00h. Sáb-Dom: 13h-00h.

Rua São Jorge, casa 4, Leme

Telefone (21) 2530-2506

Estações próximas
Cardeal Arcoverde

Site de Bar do Alto

Era um sábado de outono na Praia do Leme, quando um colombiano, remanescente da Copa, nos convidou para conhecer o bem falado Bar do Alto. E lá fomos nós fazer um tour no Morro da Babilônia guiados por um estrangeiro. E, de fato, tem muito gringo esperto por aqui que sabe das boas que muito "da gema" nem imagina - ou tem preguiça de explorar. A escadaria que dá acesso ao bar e a vista ao chegar na laje debruçada sobre o Atlântico são de tirar o fôlego. Reação instantânea: sacar o celular para bater uma foto do visual digno de cartão-postal. Ao exuberante ângulo para apreciar a cidade junte à fórmula a excelente cozinha comandada pelo chef Rubens Zerbinato (que fica aberta para o horizonte) e a comunidade irá entrar de vez na sua lista de lugares imperdíveis para curtir um fim de tarde pós-praia e seguir noite adentro vendo a Princesinha do Mar toda iluminada.


      

Antes de tudo, mate a sede depois da subida. Tem longneck de Heineken, Bohemia e Stelinha (R$10), mas invista nos drinks exclusivos da casa. O Chopp do Alto (foto acima) é feito com vodka e suco de tangerina coroado com uma densa espuma de mel, limão e gengibre. O Coco Louco vem com cachaça, leite de coco, coco e limão ralado, ambos por R$22. O menu traz ainda opções com espumante, como o Pôr do Sol (R$22) com essência de melância e o Carioca (R$23) com açaí e essência de frutas vermelhas.

A estrela do cardápio: o harumaki de feijoada (R$24), aquele que sua memória gustativa lhe fará voltar ao Bar do Alto quantas vezes necessárias para matar o desejo. O de camarão com alho poró também é dos deuses, mas não tão surpreendente quanto a outra versão. Outra delícia é a porção de lula crocante (R$25), que acompanha wasabi e molho teriaky, que vai bem com aquele toque de limão. O cardápio é enxuto e completa a seleção de petiscos a porção de pastel de tomate seco, queijo e manjericão (R$25).  

Há quatro opções de prato principal. A Muqueca Mix (R$37), com peixe, camarão, arroz de coco e farofa de dendê,  é uma reverência à gastronomia baiana. Excelente. A comida vem servida numa cumbuca, como se fosse um prato-feito, mas satisfaz duas pessoas que caíram dentro dos petiscos. Tem ainda o Bacalhau à moda da casa, com legumes grelhados, ovo e batata palha (R$40), Risotto de bobó de camarão (R$35) e a Muqueca de peixe, com arroz de coco e farofinha de dende (R$31). 

Para chegar aos céus, a subida é feita pela rua Ary Barroso, percurso íngreme que pode ser feito à pé ou moto-táxi, o transporte oficial do morro. No final da ladeira, suba pela escadaria sinalizada com um "BA". Regularmente o bar recebe grupos de samba e jazz. Um programa absolutamente imperdível. 

. Feijoada de frutos do mar: conheça também o Bar do David

19 Jun 2015.

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus