Time Out Rio de Janeiro

Heleno

O trágico conto de um dos primeiros superstars do futebol brasileiro

Heleno

Estreia 30 Mar 2012

Diretor José Henrique Fonseca

Elenco Rodrigo Santoro, Aline Moraes

Os muros a volta do antigo campo do Botafogo de Futebol e Regatas, na praia de Botafogo, são adornados com desenhor grafitti de jogadores que contam a história das glórias do time. O desenhos são quase saudosistas da época em que o futebol era associado ao amor dos jogadores à camisa ao invés de dinheiro e fama.


Um dos jogadores desenhados no muro é o legendário Heleno de Freitas, que foi um herói dentro de campo e um dos primeiros galãs do futebol da história, que curtiu intensamente seu estilo de vida “bon vivant”, quando morou no Copacabana Palace rodeado de beldades da época. O grande mote do filme é a sua então decadência, que deu lugar ao fim ignominioso do ex-queridinho da sociedade, que passou seus últimos dias em um sanotorium morrendo de sífilis.

Como muitos filmes de esporte, Heleno tem o potencial para captar a essência da tragédia humana: que por mais talentoso que possamos ser e por mais invencíveis que nos sentimos quando jovens, nada dura para sempre.


No papel principal, uma das maiores estrelas do cinema brasileiro dos últimos anos, Rodrigo Santos, cujo aparência de bom moço fala de uma época quase inocente do futebol no Brasil. Santoro contrasena com o frescor do rosto de Aline Moraes, como olhos grandes e lábios protusos.

Embora o filme já tenha ganhado elogios do público, uma parte tão valiosa da história do futebol do Brasil também atraiu controvérsias, e alguns alegaram que o retrato de Heleno é muito negativo. Definitivamente um filme fascinante do futebol brasileiro, Heleno vale a sua atenção.
 

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus