Time Out Rio de Janeiro

Amizade Colorida

Uma das boas comédias românticas dos últimos tempos

Dizer que essa história de dois profissionais bem-sucedidos (Justin Timberlake, Mila Kunis) que combinam ser "amigos coloridos" é mil vezes melhor que Sexo sem Compromisso é uma comparação sem sentido. Vamos deixar a educação de lado, então: este filme, quase que um That '70s Show sobre sexo, é a melhor comédia romântica dos últimos tempos. Os protagonistas podem até parecer surreais de tão atraentes, mas demonstram uma química muito pé no chão, fazendo os dois amigos solteiros que ficaram emocionalmente céticos após uma série de más experiências amorosas.

"Amizade Colorida" começa com um humor escrachado – quando foi a última vez que um filme comercial fez piada com o beijo após o sexo oral? – que acaba se transformando em uma metalinguagem das comédias românticas convencionais.

É só depois de os amigos coloridos voltarem a ser apenas amigos que o filme realmente pega o ritmo. É aí também que os excelentes Patricia Clarkson e Richard Jenkins entram em cena. Eles são os pais carinhosos, mas imperfeitos, que ajudam a explicar o que fez os protagonistas ficarem tão medrosos. Apesar desse artifício, o filme faz uma genuína reflexão sobre a crença de que as relações mais próximas não podem ser "estragadas" pelo romance.

Kunis e Timberlake conseguem a façanha de parecerem tão contentes sendo amigos quanto dando os maiores amassos e, quando os clichês inevitavelmente aparecem, eles vêm ao caso, não são simples subterfúgios. Você realmente vai querer que esse casal tenha um final feliz.

Escrito por Alison Willmore
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes