Time Out Rio de Janeiro

Skate na veia

Conheça os principais points dos skatistas na cidade 

Se você pensou que andar de moto na cidade era perigoso, que tal sobre um skate? Tecendo dentro e fora de motos, táxis, ônibus e carros, muitas vezes pendurado na parte de trás deles e deixando o veículo fazer o trabalho duro, o skate não é um esporte para quem tem estômago fraco (especialmente no Rio de Janeiro!).

Skatistas cariocas são famosos por sua bravura, e muitas vezes imprudência, andando em túneis tarde da noite, quando o tráfego diminui. Muits vezes, usam nada além de bermudas e seu “cavalo” sobre rodas. O percurso é rápido e emocionante, porém igualmente perigoso. Para tentar seduzir os aventureiros da rua, a Prefeitura instalou alguns bons parques dedicado ao skate.

A Time Out Rio selecionou alguns dos melhores lugares para andar de skate, aproveitando tudo o que a Cidade Maravilhosa pode oferecer:

1. Aterro do Flamengo
No coração do Parque do Flamengo, com a brisa do mar para manter o clima agradável ​​e fresco, ali tem um grande conjunto de rampas e corrimões para combater. Rampas de skate de Wall Street, vert e mini estão à disposição na área maciça de patinação.

2. Bacia do Rio Sul, Botafogo
Esta é uma tigela vert hardcore, profunda, íngreme e sem perdão, mesmo em frente do shopping Rio Sul. Skatistas locais reclamam dos joelhos e dos queixos machucados por lá, portanto definitivamente não é um lugar para amadores.

3. Vista Chinesa, Alto da Boa Vista
Qualquer pessoa em busca de uma dose de adrenalina extra deve experimentar olhar o "curso" downhill da Vista Chinesa, na Floresta da Tijuca. Enquanto os casais namorando observam toda a cidade, loucos por velocidade descem o morro atrás deles tentando esquivar de carros, ônibus e motos, muitas vezes com pouco sucesso.

4. Praça XVI, Centro
Não é um ponto oficial de skate, mas oferece concreto liso, bem no coração do Centro, para obter a adrenalina dos freestylers fluindo. A Guarda Municipal pode ter algo a dizer sobre isso, mas mantenha-se discreto e não deve haver problemas.

5. Città America, Barra
Ok, o skate em um shopping não é a mesma coisa se não for tarde da noite e os seguranças não estiverem perseguindo você, mas o Città America antecipou-se ao problema, fornecendo seu próprio parque de skate. Pode ser dominado por crianças à espera de seus pais terminarem de gastar seus cartões de crédito em compras, mas afinal...uma rampa de skate é uma rampa de skate.

6. Parque dos Patins, Lagoa
O campeonato mundial anual é sediado aqui mas, no resto do ano, o parque dos patins é essencialmente dedicado aos skatistas. No entanto, apenas do outro lado das quadras de tênis há uma bacia em forma de rim, frequentada por skatistas e ciclistas de BMX iguais. Tem também um campo de futebol em desuso, logo ao lado, e que foi retomado pelas equipes freestyling.

7. Parque Garota de Ipanema, Arpoador
Em cima de uma pequena colina com vista para nada menos do que o Arpoador, este ponto de skate matador é tão fechado que, se não fosse pelo barulho das ondas, você nunca saberia que está cercado por belas praias. Duas rampas em forma de taças são bastante populares entre aqueles que querem sair do entediante calçadão para algo mais radical, mas ainda sob a brisa do mar.

8. Largo da Segunda-Feira, Tijuca
No meio da Tijuca, a uma curta distância da estação de metrô São Francisco Xavier, o local é bem conhecido entre os locais. No mesmo estilo da Praça XVI, aqui, o que importa é o seu skate freestyle. Nos fins de semana, a área fica cheia de skatistas de manobras e truques incríveis.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes