Time Out Rio de Janeiro

Top 5: Bossa Nova

 O roteiro para apreciar a eterna onda carioca

Em meados da década de 50, bossa era uma gíria carioca que significava uma maneira, um jeitinho especial de fazer algo. Anos depois, a bossa se juntou à palavra nova e foi traduzida mundo afora como um gênero musical brasileiro inovador por excelência. Sua definição foi criada a partir do jeito suave de cantar e tocar o violão, com batidas e letras leves, que eram sinônimos do estilo de vida do bairro de Ipanema, seu berço. Quem começou a escrever a trajetória da Bossa Nova foi João Gilberto, que teve Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Nara Leão como os principais escritores. E nos dias de hoje, mais de 50 anos depois, ainda há lugares para apreciar um dos maiores ícones da cultura musical brasileira, ainda que transitem entre o sofisticado e um leve ar decadente.

Vinícius Show Bar
O espaço dedica-se exclusivamente ao gênero musical, com shows de domingo a domingo. O palco fica no andar de cima do bar homônimo e em frente ao tradicional Garota de Ipanema, nas "esquinas da bossa nova", na rua que homenageia o poeta Vinicius de Moraes. Inaugurado em 1989, com apresentação memorável de Carlos Lyra, já passaram pelo local nomes como Roberto Menescal, Billy Blanco, Baden Powel, Dorival Caimmi, entre outros.
Rua Vinícius de Moraes, 39, Ipanema. (21-2287-1497)

Toca do Vinícius
O centro cultural da bossa nova. Esta pequena loja em Ipanema (foto), é claro, reúne um rico acervo de livros, CDs e souvernirs relacionados ao movimento musical, além do Museuzinho da Bossa Nova. Um domingo por mês e em datas especiais eles promovem shows gratuitos na “Calçada da Fama de Ipanema“.
Rua Vinícius de Moraes, 129, Ipanema. (21-2247-5227)

Bar do Tom
O nome homenageia um antigo frequentador do Plataforma, anexo ao bar, o maestro Tom Jobim. A casa abre às sextas e sábados com shows dedicados à bossa e MPB, intercalados com espetáculos teatrais e outras apresentações.
Rua Adalberto Ferreira, 32, Leblon. (21) 2274- 4022)

Vizta
Com uma belíssima vista da praia do Leblon e do Morro Dois Irmãos, o restaurante localizado no segundo andar do hotel Marina Palace dedica suas noites a Bossa e ao Samba Jazz. Os shows acontecem de quinta a sábado. É preciso fazer reserva.
Av. Delfim Moreira, 630, segundo andar, Leblon. (21) 2172-1089

Drink Café
Esta bela, casa de cores vivas em Humaitá hospeda sessões regulares aos sábados, onde músicos convidados fazem uma viagem lúdica através de clássicos do gênero. Rua General Dionisio 11, Humaitá (21 2527 2697/drinkcafe.com.br).

Além das casas de shows e bares, vale conhecer o Espaço Tom Jobim (Rua Jardim Botânico, 1.008, Jardim Botânico. 21-2274-7012). Dentro do belíssimo Jardim Botânico, fica a Casa do Acervo, que abriga a obra de Tom Jobim. Preciosidades como partituras, manuscritos, depoimentos, vídeos e fotos podem ser contempladas, além do repertório musical.


 

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes