Time Out Rio de Janeiro

Tribute to Caetano

Um time variado no mesmo álbum para cantar Caê

Se completar 70 anos em plena atividade criativa, flertando de forma curiosa com o novo e aberto para a experimentação já é motivo para comemorar, Caetano pode ser orgulhar de ter inspirado - sem ter feito parte sequer da produção do disco, diga-se - um time de artistas que vão do espanhol Miguel Poveda até o indie The Magic Numbers, passando pelo fado de Ana Moura. Cada um na sua, cantando o baiano. 

Tribute to Caetano reúne tanto canções lado B e menos conhecidas quanto as mais batidas - e nem por isso menos queridas. A seleção de artistas traz gente boa da nova cena musical como Céu, Tulipa Ruiz, Qinho, Momo, Mariana Aydar e Luiza Maita, junto com outros mais experientes como Seu Jorge, Mutantes, Marcelo Camelo, Rodrigo Amarante (numa parceria em Quem me dera com  Devendra Banhart).

Para completar o elenco, artistas do calibre de Chrissie Hynde (dividindo em uma ótima interpretação de The empty boat, as atenções com os talentosos brazucas Moreno, Kassin e Domenico, do +2), The Magic Numbers interpretando You Don't Know Me, Beck numa versão quase dub de Michaelangelo Antonioni e Jorge Drexler, este sim impecável em Fora da Ordem.

Uma rápida passada de faixas é suficiente para constatar que a criatividade não foi o fio condutor do álbum em si, apesar de muito boas versões achadas no disco. A maioria não deixa a desejar, mas também fica longe de ser uma obra prima da música. Mas tudo bem. Tributo sempre tem dessas coisas.

Escrito por Amanda Scarparo
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes