Time Out Rio de Janeiro

House Music All Night

As melhores festas underground na cidade

Existe um dinâmico universo underground na noite do Rio de Janeiro. A Time Out Rio selecionou algumas das melhores festas que vêm acontecendo na cidade. Confira!

Buati
Erotika não é exatamente o local que viria à cabeça em se tratando de "cutting edge underground" e músicas "discofied". No coração da "zona da luz vermelha", em Copacabana, na maior parte do ano a casa é dedicada aos prazeres carnais e uma trilha sonora fácil de se contorcer no R'n'B. A noite é chefiada por Roberta Gramani, André Luiz Chaves e Filipe Oliveira, entre outros, e eles mudaram o clima de sexo sujo para house music suja, orientando sua brigada de festeiros até a luz da manhã. Não se esqueça de manter a Buati no seu radar: www.buati.com.br

Moo
Diogo Reis e Eduardo Christoph são os dois homens atrás da Moo, a festa itinerante com seis anos de vida e que sempre consegue causar reboliço quando um novo evento é lançado para o mundo carioca, através do seu site. O teatro Espaço Casa Franklin, no Centro, é o lar espiritual desta festa, que já viu DJs como Horsemeat Disco, Todd Terje and Ellen Alien. Mas a dupla de organizdores também gosta de se locomover pela cidade... retornou ao Jardim Botânico para uma série de noites de enorme sucesso no final de 2010 o e tocou no prestigiado Morro da Urca, em fevereiro de 2011: www.moo.com.br

Menos
DJs Rafael RM2, Gustavo Tatá e Rafael Droors comandaram as pick-ups na Menos, festa criada no final de 2010. Reunindo um local impecável, sob os arcos da Lapa, e uma excelente seleção de música underground. Os DJs são aventureiros e não têm medo de tocar e inventar seu próprio estilo ali mesmo, se o humor do público permitir. A sua primeira incursão pela fronteira de São Paulo foi um grande sucesso, e parece que esse trio vai firmar uma nova onda eletrônica na Lapa.

Fosfolopes
O nome da festa é metade em homenagem ao DJ residente Maurício Lopes e metade em homenagem à boate Fosfobox, onde rola a noite. O local recentemente passou por algumas reformas, que mantiveram seu espírito original: sem patricinhas e pit boys deslocados.

Lopes continua com sua estrela em ascensão, após uma segunda performance no Rio Music Conference, que o consagrou no coração da máfia da dance music carioca.
Mas é na Fosfobox, sua casa, onde ele tem liberdade para expandir seus melhores sets e dividir a noite com seus melhores convidados. É simplesmente a house music mais requintada da cidade.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Dia das Mães 2017

Páscoa 2017 no Rio

5 novos bares e restaurantes no Rio