Time Out Rio de Janeiro

House Music All Night

As melhores festas underground na cidade

Existe um dinâmico universo underground na noite do Rio de Janeiro. A Time Out Rio selecionou algumas das melhores festas que vêm acontecendo na cidade. Confira!

Buati
Erotika não é exatamente o local que viria à cabeça em se tratando de "cutting edge underground" e músicas "discofied". No coração da "zona da luz vermelha", em Copacabana, na maior parte do ano a casa é dedicada aos prazeres carnais e uma trilha sonora fácil de se contorcer no R'n'B. A noite é chefiada por Roberta Gramani, André Luiz Chaves e Filipe Oliveira, entre outros, e eles mudaram o clima de sexo sujo para house music suja, orientando sua brigada de festeiros até a luz da manhã. Não se esqueça de manter a Buati no seu radar: www.buati.com.br

Moo
Diogo Reis e Eduardo Christoph são os dois homens atrás da Moo, a festa itinerante com seis anos de vida e que sempre consegue causar reboliço quando um novo evento é lançado para o mundo carioca, através do seu site. O teatro Espaço Casa Franklin, no Centro, é o lar espiritual desta festa, que já viu DJs como Horsemeat Disco, Todd Terje and Ellen Alien. Mas a dupla de organizdores também gosta de se locomover pela cidade... retornou ao Jardim Botânico para uma série de noites de enorme sucesso no final de 2010 o e tocou no prestigiado Morro da Urca, em fevereiro de 2011: www.moo.com.br

Menos
DJs Rafael RM2, Gustavo Tatá e Rafael Droors comandaram as pick-ups na Menos, festa criada no final de 2010. Reunindo um local impecável, sob os arcos da Lapa, e uma excelente seleção de música underground. Os DJs são aventureiros e não têm medo de tocar e inventar seu próprio estilo ali mesmo, se o humor do público permitir. A sua primeira incursão pela fronteira de São Paulo foi um grande sucesso, e parece que esse trio vai firmar uma nova onda eletrônica na Lapa.

Fosfolopes
O nome da festa é metade em homenagem ao DJ residente Maurício Lopes e metade em homenagem à boate Fosfobox, onde rola a noite. O local recentemente passou por algumas reformas, que mantiveram seu espírito original: sem patricinhas e pit boys deslocados.

Lopes continua com sua estrela em ascensão, após uma segunda performance no Rio Music Conference, que o consagrou no coração da máfia da dance music carioca.
Mas é na Fosfobox, sua casa, onde ele tem liberdade para expandir seus melhores sets e dividir a noite com seus melhores convidados. É simplesmente a house music mais requintada da cidade.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes