Time Out Rio de Janeiro

Carnaval 2012

O guia indispensável para o maior show da Terra.

Pré-carnaval de rua - Ensaios das Escolas de Samba
Desfiles dos blocos  - Desfiles no Sambódromo - Bailes 
Onde comprar fantasias e adereços

________________________________________________________________________

Quarenta e seis dias antes da Páscoa, acontece a semana mais hedônica do calendário: o Carnaval. Tudo começou com os europeus, no século XVII, que trouxeram o entrudo para o país. Claro que, com a notável vocação dos brasileiros para odes coletivas, a irreverência vinda do outro continente se consagrou em solo nacional como o “maior show da Terra”. Há folias para todos os gostos e bolsos em todo o país, mas a festa de superlativos acontece mesmo no Rio de Janeiro. Das gigantes escolas de samba centenárias, que faturam milhões com ingressos e fantasias, aos pequenos blocos que agitam todos os bairros, a cidade inteira vira uma grande festa, repleta de imagens deslumbrantes e sons contagiantes, que atraem os olhares de todo o planeta.

Em 2012, a folia acontece “oficialmente” de 18 a 21 de fevereiro, mas quem tem disposição já começa curtir a temporada pré-carnaval em janeiro, quando as agremiações fazem seus ensaios nos quatro cantos da cidade. Está na hora de aquecer os tamborins, escolher as fantasias e selecionar os desfiles e blocos para viver dias emoção e alegria, afinal, é Carnaval e a cidade inteira vira uma avenida.


Sambódromo

Sexta e sábado de Carnaval, as agremiações do Grupo de Acesso (como se fossem a série B do futebol) se apresentam no Sambodrómo, obra de Oscar Nyemeyer projetada em 1984, que virou a Meca das escolas de samba. Construído em um trecho 700 metros de Avenida Marques de Sapucaí, o local foi reformado este ano para ampliar a capacidade para 75 mil pessoas. Os preços dos ingressos variam de acordo o desfile e o local onde a vista é melhor ou mais próxima da banca dos juízes, já que neste ponto os participantes se desdobram para cativá-los e conquistar pontos. Há nada menos que nove categorias, capazes de promover os vencedores para o Grupo Especial no ano seguinte.

Domingo e segunda-feira é a vez das mega escolas, que vendem fantasias a preços exorbitantes. Para os vencedores, a glória e adoração do povo e, em seguida, a oportunidade de fazer tudo de novo no sábado seguinte no Desfile das Campeãs, com muito mais descontração, já que os juízes já saíram de cena.

  • Leia mais sobre os ensaios e desfiles das escolas de samba no Sambódromo 

Carnaval de rua: blocos

Tão importante quanto as escolas na Sapucaí, nos últimos anos os desfiles dos blocos vem atraindo cada vez mais cariocas e turistas que querem curtir uma legítima confraternização popular pelas ruas do Rio. Os blocos, que surgiam e se consagravam no boca a boca, ganharam um Choque de Ordem – uma série de ações da Prefeitura para organizar o uso do espaço urbano -, tirando um pouco da espontaneidade, mas trouxeram benefícios.

Entre eles, mais banheiros químicos, embora ainda estejam muito aquém da capacidade de armazenamento de litros de cerveja per capita – e até uma marca da bebida oficial do carnaval como patrocinador dos desfiles. Horários e locais também devem ser rigorosamente obedecidos, o que acabou superlotando muitos desfiles. Mas a festa continua linda – e sempre gratuita! - com opções para todos os gostos. 

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Dia dos Pais 2017

Dia das Mães 2017

Páscoa 2017 no Rio