Time Out Rio de Janeiro

Os 10 melhores programas nas comunidades

Subindo o morro

Uma verdadeira imersão na cultura carioca fora do roteiro turístico. As favelas já não são só apenas uma parte do tecido urbano onde vive um terço da população carioca, agora são uma parte (e cada vez mais importante) do tecido cultural, rico e cada vez maior da cidade. Por isso a Time Out criou o roteiro dos 10 melhores lugares e coisas para fazer nas favelas (ou chamada de maneira políticamente correta de comunidades) sem você precisar ser um aventureiro corajoso. Se prepare para uma intensa troca cultural, experiência de aprendizagem e conhecimento, sem o negócio de viagens de jeep estilo zoológico.


A autêntica hospitalidade aqui vem da vontade de vingar na vida, de ter um negócio que traga efetivamente algo de novo e bom pra comunidade, e os comerciantes se preocupam verdadeiramente em fazer você feliz, em vez de se preocuparem exclusivamente com a parte económico-financeira da questão. Aqui o bem estar conta muito, mesmo que seja por quererem ver a favela ganhar uma outra reputação, talvez mais justa, e o esforço aplicado em cada negócio faz tudo o resto valer a pena, por exemplo a cultura gastronômica tradicional.
Existe também um lado mais internacional das favelas. Cada vez mais frequentemente você vai encontrar novos lugares, como bares restaurantes, cafés, albergues, criados por estrangeiros que chegaram, viram e conquistaram (ou a favela os conquistou a eles).

Vidigal


Comer a melhor tapioca do Rio no Cantinho da Pamonha
É o que os moradores do Vidigal falam, não tem melhor tapioca que esta. E a Time Out Rio confirmou, por isso pode confiar, é só pegar um mototaxi na entrada do Vidigal e pedir para ele o deixar no Alto do Vidigal ou Arvrão, aí você vai ver, à direita o espera a melhor tapioca do Rio, com uma vista no mínimo privilegiada para o mar. Tem salgadas e doces e a dose equivale a um refeição. A simpatia dos donos não tem igual, e a vista também não, esse lugar é um dos recantos do Vidigal com a reputação mais unânime. Aproveite para dar uma olhada no controverso hotel de 5 estrelas que estão construindo logo ali, vai dar pra refletir um pouco sobre a especulação imobiliária que está por vir no morro.


Alto do Vidigal ou Arvrão, Vidigal. mototaxi R$2,50 tapioca R$5

Fazer a Trilha para os dois Irmãos com Vidigalbergue
A trilha para os morros mais emblemáticos do Rio partem do Vidigal. Essa é para os admiradores da Mãe Natureza, mas não desespere, se você não for grande entusiasta dos passeios ao ar livre, lembre-se que do Morro dos Dois Irmãos se tem uma das vistas mais maravilhosas da zona Sul, incluindo uma intrigante perspetiva da Lagoa Rodrigo Freitas em forma de coração. Quem organiza essas trilhas é o Vidigalbergue, que é também um hostel com outras programações bem legais, como feijoadas, aulas de samba e música ao vivo. Subir aos dois irmão é um must do Rio, vá conferir você mesmo essa vista maravilhosa.


Vidigalbergue Av. Niemeyer 314,Vidigal. Tel 3875 8624
R$35 (época baixa) a R$60 (época alta), café da manhã, cozinha para hóspedes, ar condicionado, bar lounge, atividades


Visitar a Vidigaleria


Aquilo que começou por ser uma oficina de pranchas de surf, é agora uma galeria de obras de Arte, ou instalações, como gosta de as denominar o seu criador Wilson Alexandre, feitas com materiais reciclados. Localizada dentro da Oficina do Jô, foi a partir daqui que Wilson se inspirou para criar suas obras, quando aprendeu algumas técnicas dos mecânicos e que lhe permitiram trazer o engenho para a sua arte. Existe até um robô em forma de casa! Um lugar muito interessante num ambiente cultural cada vez maior e mais intenso do interior das comunidades.
Endereço Av. Presidente João Goulart, 275



Tomar um chopp no Atelier Café
Mesmo antes de entrar, só pela varanda recheado de móveis antigos com um toque kitsch, você já saca que esse é um daqueles barzinhos/cafés que você vai querer explorar. O bar tem uma vibe europeia meio alternativa, com uma decoração bastante eclética. O espaço que reúne num só lugar bar, café, restaurante, loja e ateliê é da autoria de Sérgio Friedman e abriu em 2010. Charme é a palavra de ordem, aproveite para tomar um chopp no ao ar livre, para depois dar uma ollhada nas peças de roupa bem legais.


Avenida Presidente João Goulart, 380 – Vidigal. Tel 7922-4479


Almoçar no Restaurante Bar Lacubaco
O restaurante do Fábio é o lugar ideal para provar uma boa dose de comidinha caseira a um bom preço. O restaurante prima pela modéstia, aliás como quase todos no Vidigal, onde o negócio é primeiro ter boa comida, depois sim, investir na imagem do espaço, mas quem prefere um lugar bonitão que serve comida de fraca qualidade? A preocupação principal do dono é fazer você feliz com seus pratos caseiros, como a feijoada ao sábado (por R$16 serve duas pessoas) e o bife acebolado (R$10.50).


Av. Presidente João Goulart, 538. Tel 2422-6649. Seg-Sab: 11h30-16h00



Chapéu Mangueira


Degustar um bom petisco no Bar do David


O Bar do David fica na favela Chapéu Mangueira e é um daqueles lugares onde o feeling carioca está sempre presente. Aqui não vai faltar boa comida, não deixe de provar a tropeira, um prato feito à base de diferentes partes da carne de porco acompanhado com feijão e legumes, e claro, o bom do samba no final de semana. Não se deixe enganar pela modéstica do lugar, aqui o astral e a boa comida vão ser certamente suficientes pra você aprovar e voltar. Existem algumas invenções como a feijoada de frutos do mar, mas a melhor pedida mesmo é a feijoada tradicional.


Ladeira Ari Barroso 66, loja 3,Leme. Tel 7808 2200
R$ 10 até R$ 17 Cerveja garrafa Original - R$ 6,50 Heineken - R$ 7,00 Antártica - R$ 4,50. Seg- Sex,12h - 17h Sáb e Dom,12h - 21h



Se hospedar no Favela Inn Hostel
Os hostéis em favelas são cada vez mais frequentes e sempre uma boa opção para quem procura verdadeira hospitalidade e uma relação intimista com os locais. É o caso do Favela Inn Hostel na comunidade Chapéu Mangueira, onde você recebe todos os tratamentos que receberia noutro hostel, mas sempre com um toque especial que só a alegria e simpatia cariocas sabem como fazer, isto porque os proprietários são moradores da comunidade proporcionando aos hóspedes um convívio bem autêntico com os outros moradores.
 

Rua Dr. Nelson 32, Favela Chapéu Mangueira, Leme. Tel 7849 4748 / 55 21 3209 2870
R$45 por pessoa/dia. Serviços café da manhã, internet, quartos coletivos, área de integração e Tours.

Favela Tavares Bastos, Catete


Ouvir bom som no The Maze
Para quem está a fim de curtir um jazz com uma vista incrível o The Maze é o lugar ideal. Esse projeto do inglês e ex-jornalista da BBC, Bob Nadkarni, trouxe à comunidade Tavares Bastos um dos melhores clubes de jazz do mundo, segundo a revista americana Downbeat, uma das mais tradicionais e respeitadas publicações no segmento do Jazz & Blues. Além do som maravilhoso que passa lá, tem também um Bed&Breakfast, pra você acordar com uma das mais belas vistas sobre a baía.


Rua Tavares Bastos, 414, casa 66,Catete. Tel 2558 5547
R$ 45 até R$ 90Serviços: Sala de TV. Internet wi-fi. 3 bares. 1 cozinha para pequenas refeições e um farto café da manhã

Favela Santa Marta


Passeio cultural ao ar livre na Favela Santa Marta
A favela que trouxe ao Rio nomes como Michael Jackson, Hugh Jackman, Alicia Keys ou mesmo Madonna é por si só um espaço cultural ao ar livre. Desde a Praça Cantão, com o projeto de Arte dos artistas holandeses Dre Urhann e Jeroen Koolhaas, ao Lajão Cultural onde acontecem as melhores festas e que você pode alugar pra realizar seu próprio evento, até à vista deslumbrante da laje onde o Rei da Pop gravou seu videoclip e onde está sua estátua de homenagem. Vale pegar um tour para conhecer todos esses locais com o morador e guia Thiago Firmino, uma forma bacana de ajudar a desenvolver o turismo sustentável e a qualidade de vida dos moradores.


Estações próximas Metrô Botafogo
Tel 9177-9459 ou 9286-2420
R$40-R$60 por pessoa

Ver amanhecer no Mirante Dona Marta


Se é fanático do ecoturismo, então essa é pra você. O mirante Dona Marta fica na Favela Santa Marta e é o lugar perfeito, a 362 metros de altitude, para passar uma noite e ver o maravilhoso amanhecer do Rio. Não esquecer de levar roupa confortável e bem quentinha (se for no inverno) e alguns comes e água. Essa trilha quase que vai poder substituir o tradicional e muito turístico Cristo Redentor, que vai ficar olhando pra você lá do alto, como de costume, mas desta vez bem mais perto do que você imagina. Uma verdadeira pérola escondida da cidade.
Endereço Estrada do Mirante Dona Marta, s/nº,Cosme Velho
Grátis e Diariamente.

Complexo do Alemão


Ir um pouco mais fundo no Complexo do Alemão


Esqueça agora a Zona sul por um momento e aventure-se na maior favela do Rio, o Complexo do Alemão. Perfeito para quem quer experienciar algumas das melhores vistas da cidade do Rio, mas também um lugar onde as facilidades e o ambiente das favelas da zona sul não são tão evidentes, sendo por isso um roteiro ainda pouco turístico, mas pronto para receber aqueles que querem descobrir e vivenciar o outro lado do Rio. Pegue o teleférico por apenas R$1 e aprecie as vistas sobre a cidade. E já que está por estes lados, não deixe de visitar a Igreja da Penha, erguida majestosamente no topo do morro, entre você e a vista só estão 382 degraus, ou então pegue o teleférico e vá apreciando a vista da cabine panorâmica.


Igreja da Penha: Largo da Penha 19
Horário de funcionamento Teleférico: Seg.Sex – 06h-21h Sáb – 08h-20h
Dom e Feriados – 09h-15h, Igreja da Penha diariamente 7h-18h
Estações próximas Teleférico: trem até Bonsucesso, Igreja da Penha: trem até Penha
Preço Teleférico: R$1,00 Integração Trem+Teleférico R$2,80

Escrito por Catarina Guerra
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes