Time Out Rio de Janeiro

Stand up paddle

Diretamente do Havaí: Conheça o relaxante remar que invadiu as praias da Cidade 

O percurso entre as orlas das praias da Zona Sul até a Barra da Tijuca não são mais restritamente território de surfistas e outros esportes radicais aquáticos. Isso graças a uma crescente onda de navegantes que deslizam sobre as águas do Rio, calmos e zen, remam de pé sobre um tipo de prancha maior que a do surf convencional. O stand up paddle (SUP) é um fenômeno. A última moda entre os “meninos e meninas do Rio”. Um esporte que virou mania como o Slacklining, só que não tão puxado para uma atividade praiana ultra saudável.

Se uma queda durante o surf pode acabar com o entusiasmo de um esporte que deve ser divertido, o SUP é o antídoto perfeito. Nascido no Hawaii nos anos 60, essa “nova onda” ganhou popularidade nas águas calmas, como o Posto 6 em Copacabana. Lá, a parede do Forte protege as águas dos ventos, e uma série de boias foram colocadas para proteger a área, onde os iniciantes dessa modalidade podem ficar à vontade para praticar sem medo.

Quem tem mais equilíbrio e espirito de aventura pode se arriscar e remar ao redor da península, passando da Praia do Diabo até as pedras do Arpoador. De preferência remando pelo outside, atrás dos surfistas que pegam onda nesta área. Mas atenção: Não vá “furar a onda dos locais” se você não tiver certeza do que está fazendo pode dar confusão. E sim, a vista do Arpoador para a praia de Ipanema é incrível!

Eduardo Laucas da SUP Copa foi a primeira das três escolas que se estabeleceu no Rio, após a famosa volta na praia em 2007. Porém, é possível encontrar escolas também em Ipanema e Lagoa. A última que entrou nesta corrida foi o Palaphita Kitch bar, que realiza testes semanais de qualidade das escuras águas da Lagoa para acalmar os receios por possíveis quedas ali. Já as escolas de Ipanema só funcionam quando a maré está calma. Em todas essas escolas você irá encontrar pessoas entusiasmadas de todas as idades, desde que haja pranchas disponíveis para todos. Por isso, é sempre bom fazer uma reserva com antecedência, garantindo sua prancha, principalmente nos finais de semana quando estas escolas estão lotadas.

  • Aulas com Eduardo na SUP Copa (21 9828 2566) - preço R$50/hora, com pacotes de 8 aulas o custo sai por R$200-$300. Quiosque Posto 6, Copacabana. Diariamente: 7h às 16h.
  • Aulas com João Paulo na Experiências (21 3164 1992) - preço R$70/hora, ou aluguel da prancha por R$40/hora. Quiosque Palaphita Kitch, Avenida Epitácio Pessoa, Parque Cantagalo, Lagoa. Seg-sex 8h-11h e 14h-19h; Sab-dom, 8h-19h.
  • Aulas com Fabio na Surf Rio (21 9180 2287) – preço por R$60/hora. Praia de Ipanema entre Rua Maria Quitéria e Rua Garcia D’Avila. Diariamente: 8h-17h (de acordo com a maré).

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes