Time Out Rio de Janeiro

Dez programas imperdíveis em Niterói

Cidade oferece ótimas programações culturais e gastronômicas, além de praias e cenários  de cartão–postal  

Um pouco mais de 13km separam o Rio de Janeiro de sua vizinha mais conhecida, mas ainda pouco explorada, Niterói. A cidade é uma boa opção para fazer um bate-volta no fim de semana e curtir de tudo um pouco: praias, trilhas, esportes, museus, bares e restaurantes. Há quem diga que o melhor do município é a vista pro Rio, mas aqui listamos 10 motivos para você cruzar a ponte. 

1. Museu do Ingá
Resgatar a identidade e a autoestima fluminense é o mote da exposição Trajetórias – Ingá: Do Palácio ao Museu do Estado, que conta a história do Rio de Janeiro, com diversas imagens e curiosidades sobre Niterói (foto), desde os tempos em que a cidade era sede do governo estadual. Um quizz interativo testa os conhecimentos dos visitantes através de perguntas sobre a formação, cultura e localização dos municípios. Através de tablets, aplicativos e materiais audiovisuais, projeto da empresa carioca 32bits, é possível navegar por belas fotos antigas em preto e branco e vídeos que detalham as manifestações culturais e políticas do Rio.

Museu do Ingá: Rua Presidente Pedreira 78, Ingá – Niterói. (21) 2717-2893. Terça à sexta: 12h às 17h. Sábados, domingos e feriados: 13h às 17h. Grátis. Livre. “Trajetórias - Ingá: Do Palácio ao Museu do Estado”: até 29 de novembro de 2015.

2. Parque da Cidade
Do alto dos 270 metros do morro da Viração, é possível contemplar um horizonte deslumbrante das montanhas cariocas, a Baía de Guanabara e a ponte Rio-Niterói, além das lagoas de Piratininga e Itaipu, da praia de Camboinhas e bairros niteroienses. O local é um pico dos praticantes de voo-livre. Vale tomar um delicioso café da manhã no buffet do Sierra e Mar,

Estrada da Viração, São Francisco. (21) 2610-3157. Visitação de domingo à domingo das 9h às 18h. Fecha às 19h no horário de verão.

3. Mercado São Pedro
Desde 1973 o local é referência em peixes e frutos do mar, em ambos lados da ponte. São diversas peixarias para comprar e levar para casa ou pedir para fazer ali mesmo, nos restaurantes do segundo andar. Tudo super fresco.

Rua Visconde do Rio Branco, Ponta d’Areia, Niterói. (21) 2620-3446. De terça sábado, das 06h às 16h. Dom, das 06h às 13h.

4. Praia de Itacoatiara e Seu Antonio
A praia preferida dos jovens niteroienses e ótima para surfistas. Vale encarar a subida do costão para curtir o visual. Quando a fome bater, o restaurante Seu Antônio é a pedida. Vale a pena encarar a fila ou esperar no Bar da Fila, logo em frente. Aprecie deliciosos pratos de frutos do mar. O bolinho de bacalhau está entre os mais vendidos.

Seu Antonio: R. Doutor Heleno de Gregório, Quadra. 66, Lote 17, 13 km. Cafubá. (21) 2619-6584

5. Orla de São de Francisco
Popularmente conhecido como “o saco”, este é o polo gastronômico da região de São Francisco e Charitas, com bela vista para a Baía de Guanabara, é um ótimo programa para um pôr do sol ou para curtir a noite.

Avenida Quintino Bocaiúva, São Francisco.

6. Baixo Icaraí
O local em Niterói onde o “raio gourmetizador” chegou com tudo. Jovens se espalham por mesas e calçadas para comer e tomar uma cerveja gelada. Clima de paquera. O Deck Jardim Bar é um dos mais concorridos.

Deck Jardim Bar: Rua Dr. Leandro Motta, 138 – Jardim Icaraí. (21) 3629-0091.


7. Museu de Arte Contemporânea (MAC)
Projetado por Oscar Niemeyer, este é o principal cartão-postal de Niterói. O Bistrô MAC, com vista panorâmica da Baía, é uma boa opção de programa casado.

Mirante da Boa Viagem, s/nº. (21) 2629-2400. Terça a domingo, das 10h às 18h. Sábados, e domingos durante o horário de verão abre até às 19h. MAC Bistrô: Terças, quartas, quintas e domingo, das 9h às 18h. Sextas e sábados, das 9h à meia-noite.


8. Caneco Gelado do Mário

O nome já diz tudo: o chopp gelado é a atração da casa. Vai bem acompanhada do bolinho de bacalhau, da empada de camarão ou siri.

Rua Visconde do Uruguai, 288 - ljs 5/6, Centro. (21) 2620-6787

9. Praia do Sossego
Praia de difícil acesso via trilha a partir da praia de Camboinhas. Vá preparado com bebidas e um lanche, pois não há comércio no local. Mas a água calma e a tranquilidade compensam.

10. Praticar canoa havaiana
Se no Rio a moda é o stand up paddle, em Niterói é a canoa havaiana. As escolinhas Hoa Aloha e Niterói Joe, na Praia de Charitas, são as mais conhecidas.
 

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

5 novos bares e restaurantes no Rio

Feijoadas de Carnaval no Rio

Trilha Transcarioca