Time Out Rio de Janeiro

O que fazer no Dia dos Namorados

 Um roteiro para fugir do óbvio - e dos restaurantes lotados

Reservas esgotadas, filas de espera intermináveis, serviço tumultuado, preços salgados... quem nunca viu esse filme (de terror) no Dia dos Namorados? E aí, “acabou o amor!” - fica difícil manter o clima de romance quando já se perdeu a paciência. Para fugir do stress, confira algumas sugestões alternativas para o Dia dos Namorados, que este ano cai na sexta-feira. 

Romance em casa

A melhor opção para quem já quer ficar próximo do final feliz. Para começar, um vinho é sempre uma ótima pedida. O especialista Carlos Cabral dá quatro dicas de rótulos do Club Des Sommeliers, encontrados nos supermercados Pão de Açúcar, com bons descontos nesta temporada.

“A primeira sugestão é o vinho chileno tinto Carmenère (a partir de R$ 19,90). Ele pode ser acompanhado de massas, carnes cozidas e de caça. A outra opção é o vinho Chardonay argentino, que harmoniza bem com molhos suaves e frutos do mar. Já o chileno Santa Rita, que custa a partir de R$ 29,50, é indicado para as carnes de caça, queijos gruyere, gouda etc, além de massas e aves. Para um brinde especial, o espumante Brut Rose (R$ 34,90 a unidade) vai muito bem com entradas em geral e peixes grelhados”, explica Cabral.

Para impressionar, a clássica Confeitaria Colombo recebe encomendas para o jantar. O prato principal e a sobremesa vem servidos em uma charmosa porcelana, e já pré-prontos, basta aquecer, finalizar e servir. Os quatro menus (de R$320 a R$360) servem duas pessoas. Para a sobremesa, brigadeiro de colher ou paixão de Maracujá com pimenta. Quem optar por retirar na loja, um presente: uma garrafa de espumante Colombo 120 anos. 

Romance com trilha sonora

É no exuberante Arpoador que acontece “o retorno” do Circo Voador à beira-mar, assim como era na década de 80. O projeto vai reviver, durante três dias, um dos lugares mais emblemáticos da cultura carioca com uma série de shows. Na sexta, tem aquecimento com o coletivo Vinil É Arte, a partir das 21h. As 23h30 começa o show da banda Todos Envolvidos, formada por Dado Villa-Lobos, Liminha, Kassin, João Barone, Liminha e Toni Platão. É ao ar livre, de graça e num dos cenários mais lindos do Rio.

Para os mais clássicos, na sexta, às 18h, tem o recital “Redescobrindo Villa-Lobos”, na UNIRIO. O projeto, que já foi apresentado em Nova Iorque, apresenta obras raras de Villa-Lobos, como os “Cinco Prelúdios para violão”, de grande valor na literatura musical brasileira. No espetáculo, os artistas apresentam as versões violão – piano. É de graça.

Romance com escapadinha

Se a verba ou o tempo estão curtos para viajar, há opções de hospedagem no coração da cidade sem parecer que você está no Rio. A Modernistas Hospedagem e Arte, em Santa Teresa, oferece 50% de desconto nas diárias de todos o mês de junho. Os quartos charmosíssimos, inspirados na vida e obra de artistas como Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral e Oswald de Andrade, e ultra confortáveis. O café da manhã é totalmente artesanal, com mingau de tapioca, mini tacinhas de açaí, favo de mel, cubinhos de queijo coalho, bananas modernistas, entre outras surpresas.

Em Vargem Grande fica o Maison VGOs quartos da pousada já estão lotados para o fim de semana, mas um jantar no bistrô comandado pelo holândes Jos Boomgaardt promete uma noite e tanto, com direito a violino, luz de velas e boa comida em meio à natureza. O menu especial, com duas opções de salada, sopa com curry vermelho tailândes e salmão, fiilet mignon “au poivre vert” ou confit de pato e crème brulée de sobremesa sai por R$185 por pessoa. 

 Para a "viagem" até lá não ficar longa, que tal um pernoite ou fim de semana alugando um apartamento ou casa no site Airbnb? Há opções charmosas por perto e, ainda, à beira-mar, no Recreio ou Grumari. 

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes