Time Out Rio de Janeiro

Distrito Criativo do Porto

Empresas, coletivos e associações colocam o Porto Maravilha no mapa da economia criativa brasileira

Criatividade e inovação são os pilares da economia criativa, uma das principais tendências globais do século XXI, segundo relatório da ONU de 2013. O vetor de desenvolvimento deste segmento é o capital humano - profissionais que produzem conteúdo criativo e geram valor econômico. Dados da Firjan destacam o Brasil entre os maiores atuantes neste segmento e o Rio de Janeiro como a capital brasileira do setor. É neste horizonte de possibilidades que surge o Distrito Criativo do Porto, uma iniciativa de profissionais do Porto Maravilha que tem como objetivo fortalecer redes de conhecimento, ampliar as oportunidades de negócio e promover a requalificação e desenvolvimento urbano nesta parte do Rio que está recebendo um dos melhores projetos de reurbanização da cidade.

“O foco do Distrito Criativo é incentivar novas dinâmicas e redes de trabalho e criar um ambiente para as novas ideias circularem e acontecerem. Vamos oferecer uma Plataforma Digital que vai conectar as empresas e iniciativas, fomentando negócios e divulgando as ações promovidas pelo Distrito. Queremos que tudo funcione num movimento orgânico e sustentável, com espírito de colaboração entre as empresas”, explica Daniel Kraichete, integrante do Coletivo do Porto, que conta com as empresas Ampliativo (design), Piloti (mobile & internet) e FGuaraná (comunicação estratégica).

Fazem parte desta rede a associação Goma (Matéria Brasil, Estúdio Guanabara, Tucum, Libelúla, entre outros), Art Rua, que realiza o principal evento de street art do Rio, Alexandre 104 (Zerezes, O Formigueiro), a Incubadora Afro e a 32bits. São atividades relacionadas a arquitetura, tecnologia, sustentabilidade, música, produção cultural e audiovisual e muitas outras, que são conduzidas por mais de 250 profissionais com perfis plurais, como freelas, empreendedores, artistas e professores, um networking orgânico com forte potencial de transformar a cidade e agitar os negócios.

O planejamento do Distrito Criativo do Porto inclui uma extensa agenda de eventos para o segundo semestre de 2015: o Fórum Criativo do Porto (agosto), a Rodada de Negócios Criativos (setembro), o Mercado Criativo (outubro) e a ação paralela à Semana Design Rio (novembro), que acontecerá pela terceira vez. E, de 10 a 13 de setembro, ainda rola o Art Rua, evento de arte urbana desde 2011 no calendário da cidade, um dos primeiros a acontecer no Porto Maravilha.

Para Nina Lualdi, da Cisco, apoiadora do projeto, “A região está passando por intensas transformações. Em breve, estarão prontas as melhorias em transporte e circulação de pedestres, com o VLT, ciclovia e o boulevard da Praça Mauá, além da inauguração do Museu do Amanhã. O Distrito Criativo será uma das áreas pioneiras da cidade em tecnologia, com wi-fi público de alta velocidade, quiosque de autoatendimento para empresários e turistas via webcam e totens com aplicativos sobre o Porto”. O Distrito Criativo conta ainda com parceria da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (CDURP).

Para saber mais sobre o futuro criativo, acompanhe a página do Distrito Criativo do Porto.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes