Time Out Rio de Janeiro

As melhores vistas da cidade

Na cidade em que a vista é um dos grandes atributos, listamos os cinco melhores pontos para admirar sua beleza para você que estará de férias por aqui

Pedra da Gávea

As melhores vistas sempre valem um esforço maior e, para conquistar a Pedra da Gávea, você precisa se esforçar bastante. O início da trilha é na Barra da Tijuca, no Jardim Oceânico, e a inclinação já aparece antes mesmo de você sair do asfalto e entrar na mata.

No caminho, você passará por pequenos rapéis e escaladas para chegar ao topo, onde pode admirar toda a costa da Barra da Tijuca, de um lado, e a da Zona Sul do outro. As águias voando por ali completam a visão do paraíso. Lembre-se de levar comida e bastante água com você.


Dona Marta / Pedrão

Agora que esta favela tem uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) o seu topo vale a pena ser explorado. A vista do Cristo Redentor é inigualável daqui. O elevador leva cerca de 15 minutos para chegar ao cume e não apenas desvenda boa parte da Zona Sul mas também oferece uma visão fascinante de como a remoção das facções criminosas mudaram a vida nesta comunidade.

De lá, pode-se ver a Lagoa e toda a área entre Botafogo e Copacabana, com suas variadas construções e o grande cemitério de São João Batista. Logo atrás, a inebriante vista da praia de Botafogo com o icônico Pão de Açúcar.


Pão de Açúcar

Um dos clássicos points para ver o pôr do sol, o Pão de Açúcar e seus bondinhos ficaram imortalizados no filme 007 Contra o Foguete da Morte, assim como na memória de qualquer pessoa que tenha subido neles. Sem dúvida, espetacular praticamente todos os dias, o entardecer no outono, quando as nuvens se pintam de rosa e as luzes de Copacabana começam a brilhar, é particularmente hipnotizante. Daqui de cima, também, a Urca parece uma pitoresca vila de pescadores.


Pico da Tijuca

Para aqueles que acham que a Pedra da Gávea parece “um pouco demais”, o ponto mais alto da Floresta da Tijuca tem a vantagem de oferecer um estacionamento para carros a cerca de ¾ do caminho para o cume, o que significa que o topo pode ser conquistado mesmo nos dias quentes de verão, sem o risco de ninguém morrer de cansaço.

A Zona Norte e a Baixada Fluminense podem ser vistas daqui, e a visão do estádio do Maracanã é magnífica. Também oferece a chance perfeita para entender como o mosaico geográfico da cidade se encaixa, levando a todas as variações de comentários do tipo “ah, agora que eu entendi a geografia do Rio!”


Baía de Guanabara

Não se trata apenas de subir ao topo e olhar tudo de cima, afinal, o Rio é igualmente lindo ao nível do mar. Há uma boa razão para que os passeios de barco que saem da Marina da Glória sejam tão populares e não é apenas por causa das caipirinhas, dos biquínis e da música. Para ver como esta metrópole abraça toda a costa do Aeroporto do Galeão até a praia do Leblon, estique suas pernas e sinta as águas da Baía aos seus pés.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes