Time Out Rio de Janeiro

Conhecendo a Tijuca em um dia

Porta de entrada para a Zona Norte da cidade, a Tijuca é um bairro tradicional e guarda dois santuários dos cariocas: o Maracanã e a Floresta da Tijuca.

A Tijuca não faz parte do roteiro de muitos turistas que vêm ao Rio, mas é local de dois santuários adorados pelos cariocas: um da natureza, a segunda maior floresta urbana do planeta, e outro do futebol, um dos maiores estádios do mundo. O Maracanã está fechado para obras até a Copa de 2014, mas a Floresta da Tijuca já é motivo suficiente para atravessar o túnel rumo à Tijuca, bairro que é uma das principais portas de entrada para a Zona Norte da cidade.

Os melhores caminhos para acessar a Tijuca de carro ou de ônibus são os túneis Rebouças ou Santa Bárbara, mas também é possível ir pelo Centro. São três estações de metrô no bairro, que é um dos maiores da cidade: Afonso Pena, São Francisco Xavier e Saens Peña, além de inúmeras linhas de ônibus e uma nova estação prevista para 2014 (Rua Uruguai).

Se você for de carro, escolha o acesso pela Avenida Maracanã – será impossível não reparar a inconfundível fachada do maior palco do futebol do país e uma das grandes paixões do carioca. A fachada do estádio do Maracanã foi tombada como patrimônio histórico da cidade e será mantida intacta após a reforma, que está mudando totalmente a cara do estádio por dentro.

Siga reto pela Avenida Maracanã e depois na Rua Conde de Bonfim até chegar ao Alto da Boa Vista. Continue em frente até a pracinha do alto (ônibus 301 e 302), onde fica a entrada para a Floresta da Tijuca. O parque funciona de 8h às 17h (18h, no horário de verão) e a entrada é gratuita.

Totalmente urbanizado, o parque tem vias asfaltadas e trilhas sinalizadas. Um bom lugar para subir ao topo do morro e ver a cidade do alto. Os principais picos do parque são o Pico do Papagaio e o Pico da Tijuca, cujas trilhas de acesso duram de 40 minutos a 1h30.

Após entrar no parque, siga para o Bom Retiro, local onde começam as trilhas para os picos. Aproveite para parar na cachoeira das Almas, no meio do caminho para o Bom Retiro. Uma pequena trilha, de cerca de 10 minutos, leva até a cachoeira, perfeita para refrescar um dia de calor e renovar as energias. 

Depois de fazer a trilha e chegar de volta ao asfalto, você provavelmente vai querer um outro banho de cachoeira para relaxar, mas vai ser necessário sair do parque e voltar novamente, se você estiver de carro. Também é possível fazer todo o trajeto a pé, mas conte com pelo menos mais 30 a 40 minutos até chegar no início da trilha.

Provavelmente quando terminar o passeio no parque, você vai sentir fome. O bairro é cheio de opções de comida gostosa, a preço justo. O Otto é uma boa opção, e fica a cerca de 15-20 minutos do parque. Com um cardápio que vai de invenções brasileiras, como o palmito na casca, até salsichas e croquetes alemães, o Otto também oferece um bom chopp.

Uma opção mais tradicional são as ótimas carnes servidas no Lareira. O filet mignon à campanha para dois serve até cinco pessoas e a carne está sempre macia, com guarnições muito bem servidas.

Se a ideia é um almoço mais rápido, sem abrir mão da qualidade, o Pizza Grill é uma boa opção de buffet a quilo. Tem fartas opções de saladas, peixe, churrasco, frutos do mar, frango e guarnições, além de um bom buffet de comida japonesa e rodízio de pizza depois das 18h.

Ali perto, fica o Pólo Gastronômico da Tijuca, onde estão alguns dos restaurantes mais antigos do bairro: o Siri é uma das melhores opções para frutos do mar na cidade e também tem um bom chopp da Brahma. O Buxixo, que é mais um bar do que restaurante, tem farto cardápio de comidas e petiscos, e o Garota da Tijuca serve uma das picanhas mais famosas da região.

Além dos restaurantes, os bares ao redor da praça Varnhagen também merecem uma esticadinha. Com opções de chopp e cerveja de garrafa, o Universo da Cerveja é um dos mais populares e tem dose dupla de cerveja às segundas-feiras. O Bar do Adão também tem promoção no primeiro dia útil da semana, com rodada dupla de pastel. São dezenas de sabores deliciosos. Experimente o de queijo brie com damasco, perfeito para a sobremesa.

Em dias de jogos de futebol, o SóKana é muito procurado. Era o ponto de encontro dos torcedores antes e depois dos jogos no Maracanã e manteve o posto de um dos points do futebol, com a instalação de TVs com tela grande o suficiente para ninguém ficar de fora. É dos melhores lugares para vivenciar de perto a paixão dos cariocas pelo futebol, sem precisar ir ao estádio.

O bairro também abriga o maior shopping da região, com 4 andares e seis salas de cinema, sendo uma em 3D. O Shopping Tijuca também tem algumas das melhores marcas do país e sofreu grande obra de expansão há poucos anos. No Shopping Tijuca fica o Manekineko, a melhor opção de restaurante japonês no bairro. 

A Tijuca é o berço de gênios da música brasileira, como Aldir Blanc, que até hoje mora no bairro, e Tim Maia. Tradicional reduto do samba e da boemia dos bares estilo pé-sujo, a região esvaziou por causa da violência nas últimas décadas, mas vem acompanhando o boom econômico do país nos anos recentes. Inúmeros novos negócios vem sendo abertos e a pacificação das favelas ao redor diminuiu os índices de violência, levando a um aumento de 100% a 200% nos preços dos imóveis.

A reforma do Maracanã prevê a instalação de uma área de lazer nos arredores do estádio e obras de infraestrutura prometem diminuir as enchentes na região, muito comuns nos períodos de chuva de verão.

Para finalizar o dia, depois de natureza, comida e cerveja, nada melhor do que uma boa música. O Clube Renascença, no bairro vizinho do Andaraí, é sempre uma boa opção. Mas lembre-se de conferir a programação antes porque não há atrações todos os dias. O Samba do Trabalhador é uma das noites mais tradicionais do clube e acontece às segundas-feiras.

A Tijuca será um dos bairros centrais das atividades esportivas da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016. Não deixe de tirar um dia para ter o gostinho deste que é um dos bairros mais vivos e tradicionais do Rio. 

Escrito por Marcela Canavarro
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Dia dos Pais 2017

Dia das Mães 2017

Páscoa 2017 no Rio