Time Out Rio de Janeiro

Base

Seis fatos que você não sabia sobre os seis anos da Base. Festa comemora aniversário com edição épica na Estação Leopoldina

Base, do dicionário: 1. Parte de uma construção que se firma imediatamente no solo: a pista de dança. 2. O que serve de princípio ou fundamento: ser divertido. 3. Superfície inferior de um corpo: os pés. 4. Nota fundamental, tônica: hip hop e música eletrônica. 5. Fundamento: dançar. 6. Princípio, origem: Fosfobox. Mas se você ainda não se jogou nesta pista até o sapato pedir para parar, não será no pai-dos-burros que você vai entender. Toma o rumo e não dorme no ponto porque a próxima parada da Base é a Estação Leopoldina, dia 6 de dezembro, na edição que comemora 6 anos de uma trajetória ascendente, contrariando as estatísticas da noite carioca. 

O ano era 2008, o cenário era a clássica Fosfobox,  época em que a festa se chamava Fosfobase. O inferninho nos subterrâneos de Copacabana foi ficando pequeno, tanto para o público quanto para as ambições de Bernardo Campos, Pedro Mezzonato, Felipe Fella e Yuso Barros, este último o único não-DJ do quarteto. Foram para o Espaço Acústica ver o sol nascer por dentre os edifícios do centro da cidade. De lá, migraram para mais perto do mar, no Vidigal. “Agora chegou a vez de voltar ao underground”, explica Mezzonato, diretamente dos trilhos da estação de trem desativada, onde será a pista de dança da maior e mais importante edição do evento. 

Seis fatos que você não sabia sobre os seis anos da Base:

1. Até hoje, foram 20 edições – vida longa! -, que somam 180 horas de festa, o suficiente para você dançar mais de 7 dias seguidos sem parar.

2. O line up é sempre “coisa nossa”. Esta será a primeira edição com um DJ gringo, o inglês Stee Downes.

3. As festas no Espaço Acústica foram as mais baladas: algumas rolaram até às 10h da manhã.

4. Desde que a festa começou, Pedro Mezzonato já teve quatro namoradas, o Bernardo uma, com quem esteve por quatro anos, e o Fella, uma. Yuso é solteiro nato.

5. Eles já fizeram um set pegar fogo, literalmente. Era aniversário da Fosfobox e pela primeira vez Fella, Mezzonato e Bernardo faziam um back2back triplo na festa (sábado será a segunda). No meio do set, um disjuntor começou a pegar fogo e eles tiveram que apagar o incêndio no fôlego. É, assoprando. Havia 600 pessoas na festa, que ficou mais de 1 hora sem som.

6. Na Base do Vidigal o local era aberto e a previsão de chuva. “Tivemos que cobrir a festa com um toldo caríssimo, só que não caiu um pingo d'água. Mas pelo menos fomos muito elogiados porque o toldo era bonitão”, ri Bernardo.
 

Bernardo Campos, Yuso Barros, Felipe Fella e Pedro Mezzonato: Base Crew

Confira as atrações da Base 6 anos:

Electronic Stage: Zuim, Bruce Leroys, Nepal, Stee Downes (Live Vocal e Dj Set) e BASE Crew (Bernardo Campos, Felipe Fella e Pedro Mezzonato)
Hip Hop Stage: Saraiva, Tucho, Pathy Dejesus, Raphael Fernandes
VJ: Ian Victor (Brainstorm Vjs)
Fotografia: Patrick Gomes
Ingressos online.

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Base video

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes