Time Out Rio de Janeiro

Dez menus de páscoa

Bacalhau é o protagonista da data

A almoço de páscoa é daqueles melhores momentos à mesa  no calendário anual. E o ingrediente que divide o protagonismo da data com o chocolate é o bacalhau. Nos restaurantes - de diferentes especialidades - os chefs apresentam tanto os pratos clássicos, quanto criam versões inusitadas. E também vale apostar em outros peixes e frutos do mar. Confira dez menus para se deliciar neste Páscoa e sair oficialmente da dieta. 

Na cevicheria La Carioca, a especialidade da vez é o Ceviche do Porto (R$34): posta de bacalhau dessalgada e desfiada, marinada no limão siciliano e na laranja bahia, servida com azeite, pimentões coloridos, dedo de moça, salsa e cebolinha. Para sobremesa com toque da casa, o Brigadeiro Picante (R$17), feito com chocolate meio amargo ao pisco.

Subindo Santa Teresa, a chef Natacha Fink, do Espírito Santa, sugere uma alternativa ao bacalhau, o Descansadinho (R$69,50). Conhecido como bacalhau brasileiro, o filezinho de pirarucu fresco ao tucupi com alho poró e jambu vai à mesa montado sobre banana pacovão picante.

No Giuseppe Grill Leblon, os cortes de carnes, principais atrações da casa, ficam de lado para revelar outras especialidades não menos imperdíveis do restaurante: os peixes e frutos do mar. Entre eles está a Cavaquinha (R$ 180); o Olho de boi (R$ 110); a Centolla (R$ 130) e o Pampo (R$ 130) - preço por quilo. A sobremesa, claro, de chocolate, não pode faltar: mousse de chocolate coberta com lâminas de amêndoas torradas (R$ 16).

No restaurante Arab, o cuscuz de bacalhau pode ser saboreado no buffet do restaurante, em Copacabana, que é oferecido durante todos os dias da semana, sempre no horário do almoço (R$ 71,90, de terça a sexta-feira, e R$ 74,90 aos sábados, domingos e feriados).

O delicioso Bar Urca, com aquela vista toda, oferece 15% de desconto em suas oito opções de pratos de bacalhau. Ganham destaque os clássicos da casa: bacalhau à Vila Chã (de R$ 186 por R$ 158, para duas pessoas), postas grelhadas acompanhadas por grão de bico; e bacalhau à Vovó Maria (de R$ 178 por R$ 151, para duas pessoas), postas cozidas ao azeite acompanhadas por couve mineira, brócolis e batatas. Para aqueles que quiserem variar os pedidos além desses dois clássicos da casa, três sugestões são o bacalhau à Gomes de Sá (de R$ 145 por R$ 123, para duas pessoas), desfiado ao molho de cebola no azeite, ovo cozido, batata sautée e arroz; o bacalhau à moda ( foto - de R$ 172 por R$ 142, para duas pessoas); e o bacalhau àportuguesa (de R$ 172 por R$ 146, para duas pessoas).

No restaurante Garden a pedida são as tradicionais receitas portuguesas. O Bacalhau do Portal (R$112), feito de posta de bacalhau ao forno, servida com batatinhas ao murro, cebola, brócolis e lascas de alho no azeite e o bacalhau nas natas (R$112), lombo de bacalhau gratinado com creme fresco, brócolis e batatas coradas. O Bacalhau à Lagareira (R$112) também merece destaque. O prato é servido com brócolis, azeitonas, cebolas e batatas assadas.

O Irajá Gastrô, do chef Pedro de Artagão, vale experimentar o arroz de bacalhau ao Bráz (R$ 82). A receita do chef é uma releitura da tradicional receita do Bráz e vem com arroz cremoso e um ovo perfeito. 

A chef Roberta Ciasca, do Miam Miam, criou sugestões especialmente para a temporada, que entram em cartaz no dia 31 de março e ficam até o dia 4 de abril. Entre as novidades, preparou o bacalhau confitado (R$68), com bolinhos de arroz negro, espinafre e alho assado, que não pode faltar à mesa nessa época. Obs: o Instagram da chef é de enlouquecer os amantes de gastronomia. Segue lá @robertaciasca

O espanõl iVenga! serve o clássico bacalhau, com ovos e batatas (R$34,) e dados de bacalhau com aioli de mel (R$ 25).

O Margutta, em Ipanema, sugere o Bacalhau desfiado, com batatas cozidas, aipo, ovos, azeite, salsa e pimentão (R$ 68).

 

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Hair & Beauty 2016

Boulevard Olímpico

Baixo Suíça reabre com tecnologia para deficientes