Time Out Rio de Janeiro

Osteria Policarpo

Quem acha que o Rio não tem culinária italiana tradicional é porque não conhece a Osteria Policarpo

Osteria Policarpo

Preço de R$ 33 até R$ 80

Horário de funcionamento Ter-Sáb 12h-0h; Dom 12h - 18h

Osteria Policarpo Largo dos Leões, 35, Humaitá

Telefone 21 2579-0051

Estações próximas
metrô Botafogo- integração Humaitá

Site de Osteria Policarpo

Criado para durar apenas 6 meses, o restaurante tem 19 anos de tradição na cidade. Os sócios, Leda, Luis e Nelson, largaram na época o mundo do teatro e cinema, para dedicarem-se exclusivamente às maravilhas da gastronomia italiana.


Luiz tem origem italiana, da região de Veneza, mas numa primeira vista parece ter desembarcado ontem de um navio de imigrantes, tal típica é a sua aparência e trejeitos de Terra Nostra. Leda é sua esposa cara metade que fica pelo salão de olho nos clientes. Ela sempre está por ali, sentada discretamente em alguma mesa do restaurante, dando a liberdade desejada e o apoio necessário para que todos saiam sempre mais felizes do que entraram.


O ambiente é modesto, bem como sua localização discreta no largo dos Leões, no Humaitá. Sua frequencia é quase familiar e todos os que estão ali parecem conhecer cada detalhe e personagem do lugar com intimidade (o que é sempre um bom sinal). Na parede um diploma do estabelecimento de membro da comunidade italiana.


A fama desse lugar foi construída a partir dos molhos de verão: molhos frios feitos de ingredientes leves como creme de limão, azeite, rúcula, tomate fresco, azeitonas e outros temperos. Os molhos são “a cara do Rio”, descreve Leda e foram desenvolvidos para serem servidos frios sob a massa quente. Como resultado tem efeito refrescante sob o clima de verão, que no Rio dura quase o ano todo. E para quem tiver dúvida sobre a combinação adequada da massa e o molho, não há nada que Leda ou Luiz não possam resolver por você.


Outras especialidades são ambas as massas feitas na própria casa: Ravioli di Trote, recheado de trufa defumada e ricotta com molho de tomate e grappa (R$42), cujo sabor do molho se perde na mistura entre o tomate e a grapa, portanto não é nenhuma maravilha. Já o Ravioli d’Angello, recheado com cordeiro (R$44), tem uma cozimento impecável e digno de recomendações.


Uma cestinha de pães italianos costuma acompanhar os antipastos ou as massas, mas os pães requentados não são nada de mais para os R$9 cobrados, portanto resista à oferta. O Spaghetti a Portobello também faz sucesso por aqui: feito com grandes cogumelos frescos fatiados e refogados com alho poró e cozidos no caldo de carne (R$36), uma boa opção para quem prefere um sabor mais suave.


Luiz, trouxe também para o cardápio pratos típicos da região de seus avós. A Carne Lessa era típicamente cozida longa e lentamente, até que todo o caldo da carne fosse separado. Esse brodo da carne era usado então no risotto ou na pasta e a carne assada era usada como antipasto. Assim mandava a tradição e assim é obedecido no Policarpo até hoje.


Para a sobremesa, o Tiramissú é o xodó da casa, pois é o filho de Luiz que faz. Feito conforme manda o livro do Nono: com pão de ló italiano ao invés de biscoito champagne, o que torna a sobremesa mais leve e inteiramente original italiana.

7 Mai 2013.

Escrito por Time Out Rio de Janeiro editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Bares próximos

BeerJack Hideout

BeerJack Hideout

209m

Cobal do Humaitá

Cobal do Humaitá

339m

O Plebeu

O Plebeu

458m

Meza Bar

Meza Bar

558m

Boteco Salvação

Boteco Salvação

562m

Locais próximos de música ao vivo

Boteco Salvação

Boteco Salvação

562m

Espaço Sérgio Porto

Espaço Sérgio Porto

562m

Boates mais próximas

Pista 3

Pista 3

626m

Fosfobox

Fosfobox

1759m