Time Out Rio de Janeiro

Laguiole

Dobradinha de arte: no museu e à mesa

Laguiole

Horário de funcionamento Seg a sex: 12h as 17h.

Capacidade 80

Museu de Arte Moderna
Av. Infante Dom Henrique, 85, Glória

Telefone (21) 2517.3129

Estações próximas
Cinelândia

Para Auguste Escoffier, expoente e revolucionário da haute cousine internacional - francês, é claro -, o que diferenciava um chef de um cozinheiro é o fato de o primeiro ter, além das competências de um cozinheiro, as características de um administrador e de um artista. Literatura gastronômica à parte, tais talentos nos são tangíveis à mesa, começando pela harmonia estética dos ingredientes. Pois, na cozinha do jovem Elia Schramm, uma das revelações de 2015, a maturidade defendida por Escoffier já chegou. Chef executivo à frente do contemporâneo Laguiole, no MAM-Rio, sua cozinha é arte e encontra sua vocação para ser sublime. Aos olhos e ao paladar.

As apresentações dos pratos encantam. Propõe aqueles segundos de contemplação para, logo, fazer titubear o garfo no ar com um satisfeito sentimento de “não saber por onde começar”. Nas criações do chef, cores e texturas vem dispostas com delicadeza rara, sem exceção. A começar pelo nosso amouse bouche: ceviche de banana-da-terra e amêndoas torradas, perfeito para causar uma primeira boa impressão. As entradas como o namorado curado em alga nori com vinagrete de maça verde e wassabi (R$42), um esmerado jardim, e a dupla de vieiras grelhadas com florida saladinha de algas, pickles mini-legumes e emulsão de missô (R$46) dão indícios da originalidade do menu, que reflete as experiências de Schramm em cozinhas da Europa e Ásia. Seguimos com sotaque franco-brasileiro: foie gras torchon marinado em açaí e rapadura, chutney manga-maracujá (R$58).

Entre os principais, carnes, peixes e frutos do mar – consulte as opções mais frescas do dia. A cavaquinha grelhada sobre moqueca de quinoa real e chips de coco (R$86) é para quem aprecia sabores mais adocicados. Imperdível é a barriga de porco pururuca, com dim sums de cogumelos (excepcional) e rolinho oriental de legumes (R$84). O simpático nome de Porquinho Feliz abriu sorrisos na mesa, que continuaram na hora da sobremesa. A escultural esfera de chocolate que, ao ser regada com calda quente de avelãs, se derrete ao encontro do recheio de pralinée (R$29) e a impecável banana brulée, mousseline de caramelo com flor-de-sal, crumble de canela e sorvete de baunilha Bourbon. 

A casa, do restaurateur Marcelo Torres, também à frente do elogiado Giuseppe Grill, só abre de segunda a sexta na hora do almoço, e as mesas são quase todas ocupadas por executivos, devido a próximidade com o Centro e com o aeroporto Santos Dumont. Excelente opção para um almoço de negócios, que pode ainda ser embalado por uma das melhores adegas de vinhos da cidade. 

Enfim, sob a guarda da arquitetura modernista do imponente museu, só há obras da arte – seja nas salas de exposição, seja na cozinha do Laguiole.

 

22 Jan 2016.

Escrito por Bruna Velon
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Bares próximos

Mixing: bar is cool

Mixing: bar is cool

607m

Tacacá do Norte

Tacacá do Norte

707m

Boteco Belmonte

Boteco Belmonte

728m

Lamas

Lamas

797m

Symposium

Symposium

1253m

Locais próximos de música ao vivo

Oi Futuro Flamengo

Oi Futuro Flamengo

487m

Casarão Ameno Resedá

Casarão Ameno Resedá

929m

Semente

Semente

1568m

Favellas

Favellas

1982m

Teatro Odisséia

Teatro Odisséia

1996m

Boates mais próximas

Hideaway

Hideaway

1954m

Club Six

Club Six

1969m