Time Out São Paulo

Feira de Arte Impressa do Tijuana

Este evento terminou

Feira de Arte Impressa do Tijuana

Data 23 Ago 2014-24 Ago 2014

Horário de abertura 12h-20h (Casa do Povo), 10h-18h (Oficina Oswald de Andrade)

Site de Feira de Arte Impressa do Tijuana

Casa do Povo
Rua Três Rios, 252, Bom Retiro 01123-001

Telefone 3361-4976

Embora muito possa ser dito sobre a experiência de analisar a arte em um museu ou galeria, há uma intimidade incomparável nas obras impressas que você leva para casa e revisita o quanto quiser. Com essa ideia em mente, a 6ª edição da Feira de Arte Impressa do Tijuana reúne 120 editoras nacionais e internacionais que oferecem tesouros que vão desde microzines gráficos conceituais até pesados livros de arte e pôsteres bem produzidos.

Esta é a segunda vez em que a feira, criada em 2009, acontecerá fora do espaço Tijuana, que fica na Galeria Vermelho. Em vez disso, ela irá para o bairro do Bom Retiro, onde ocupará uma seção do imenso centro cultural Casa do Povo. Na Oficina Oswald de Andrade, ali perto, o evento contará com uma plataforma de conversas, exposição e oficinas. Entre esses eventos, destaca-se a 'Livros mais bonitos da Alemanha', que acontece em parceria com o Goethe-Institut. Na exposição (que conta com mobiliário desenvolvido pelos arquitetos Enk te Winkel e Gustavo Delonero), as publicações são divididas por categorias como literatura, ciência, infantil, arte, entre outros, e poderão ser manuseadas pelos visitantes. 

Com foco na produção de livros de artista na América Latina, a feira conta com editoras vindas de diversos estados do Brasil e também de países como Colômbia, México, Argentina e Uruguai. Haverá também a presença especial da editora francesa Cneai (Centre National de l'Estampe et de l'Art Imprimé), que teve importante participação na 1ª edição da feira. Participam da edição 2014 editoras como a Cosac Naify, Balão Editorial, Eduardo Nazi, Kaput Livros, Meli-Melo Press, Casa Tomada, Sarau Visual, Ugra Press e Revista Amarello, entre outras.

Os visitantes da Tijuana não só ficarão impressionados com a diversidade das publicações, mas também com o lugar estonteante que é a Casa do Povo. Em obras para revitalização, o espaço tem significado histórico e grandes planos para o futuro.

O prédio foi construído em 1953 pela comunidade de imigrantes judeus do Leste Europeu que se estabeleceu no Bom Retiro, como um monumento vivo às vítimas do Holocausto. Era um polo social e cultural, recebendo apresentações de dança inovadoras, teatro político e abrigando a redação do jornal Nossa Voz. Durante a ditadura militar, a Casa do Povo sofreu censura por promover debates, convidar porta-vozes da dissidência e refugiar quem sofria perseguição política.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus