A Arte da Lembrança - A Saudade na Fotografia Brasileira

3 Mar 2015- 8 Mar 2015

Divulgação
'Vendedor de Coco na Praia da Armação', fotografia de Luciano Andrade

Este evento terminou

Mais de 100 imagens de 36 artistas brasileiros, ou residentes no país, tem trabalhos apresentados na mostra. Dispostos em dois andares do espaço expositivo do Itaú Cultural, eles têm a saudade como tema em comum. A exposição, cuja curadoria é de Diógenes Moura com pesquisa de Samuel de Jesus e projeto expográfico de Marta Bogéa e Anna Helena Villela com Izabel Barboni e Li Arakaki, inaugura a programação do instituto de 2015.

Em um total exato de 110 fotografias – duas delas, videoprojeções –, o visitante navega por um universo pessoal e universal, a partir de registros fotográficos situados entre o documento e os ensaios. A seleção, que é pautada pela poética das imagens, reúne conteúdos que perpassam tópicos condensados na palavra saudade, como história, solidão e memória.

O percurso iconográfico de mais de 80 anos de produção, se situa entre a década de 1930 e 2014 com imagens de representativos fotógrafos brasileiros – de Alcir Lacerda a Marcio Távora, passando por Ademar Manarini, German Lorca, Wagner Almeida, Voltaire Fraga, José Yalenti, Gilvan Barreto, Luiz Braga, Julio Agostinelli e José Oitica Filho. Também de estrangeiros que, residentes no país, aqui desenvolveram a sua obra: o letão Alexandre Berzin e o austríaco Kurt Klagsbrunn.

“A arte da lembrança convida o espectador a iniciar um percurso singular em um espaço de associação de ideias onde se juntam as experiências sensíveis que detemos do mundo”, observa o curador. Pernambucano, poeta, fotógrafo e ex-curador de fotografia da Pinacoteca do Estado de São Paulo, ele acaba de ganhar o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) pela exposição Retumbante Natureza Humanizada, realizada em 2014 no Sesc Pinheiros com fotos de Luiz Braga um dos participantes de A Arte da Lembrança.

Atividades Paralelas
No último domingo de janeiro e durante os domingos de fevereiro e os dias 1 e 8 de março, a exposição conta com uma série de rodas de conversas descontraídas com os educadores do instituto, sobre diversos assuntos como fotografia, memória e representação da saudade. Organizadas pelo Núcleo de Educação e Relacionamento, estão programadas para acontecerem sempre às 16h. O bate-papo tem duração de 30 minutos, conta apenas com 20 vagas, mas sem obrigatoriedade de inscrições prévias.

Confira a programação:

25 de janeiro, às 16h:
Vestígios na cidade: a cidade de São Paulo e suas transformações (com interpretação em libras)

Fevereiro:
Dia 1: Fotografia modernista
Dia 8: Um olhar sobre a morte na história da arte
Dia 15: O homem da multidão: modernização das cidades
Dia 22: Fotografia Lambe-Lambe, em Libras com intepretação em português

Março:
Dia 1: O álbum de família na fotografia digital
Dia 8: O Fotoclubismo e a fotografia moderna no Brasil

20 vagas
Duração: 30 minutos
16 anos
Ponto de encontro: Piso Térreo
Não é necessária inscrição prévia 

Serviço

Itaú Cultural


Endereço Avenida Paulista, 149

Jardim Paulista, São Paulo

Estações próximas Metrô 2, Brigadeiro

Telefone (11) 2168 1700

Site de Itaú Cultural

Data 3 Mar 2015- 8 Mar 2015

Horário de abertura Ter. a sex., 9h-20h; sáb., dom. e feriados, 11h-20h.

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.