Time Out São Paulo

Guignard - A Memória Plástica do Brasil Moderno

Este evento terminou

Guignard - A Memória Plástica do Brasil Moderno

Preço R$6. Grátis aos domingos.

Data 08 Set 2015-11 Set 2015

Horário de abertura Ter. a dom., 10h-17h30.

Rua Pedro Álvares Cabral s/n, Parque Ibirapuera, Ibirapuera

Telefone (11) 5085-1300

Retrato, paisagem e natureza-morta são os três gêneros presentes na mostra dedicada a Alberto da Veiga Guignard, um dos maiores artistas brasileiros do século XX, que o Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) apresenta de 7 de julho a 11 de setembro. Com curadoria de Paulo Sergio Duarte, a exposição visa a revelar, de forma didática para todos os públicos, quem foi o pintor e desenhista conhecido pelas pinturas de paisagens e mostrar o legado e a contribuição para a arte moderna brasileira.

Reconhecido por ser um artista completo por atuar em todos os gêneros da pintura (retrato, autorretrato, paisagem, natureza-morta, de gênero e temática religiosa) e, ainda, por tratar de dois ou mais gêneros na mesma tela, Guignard alcançou a fama por retratar paisagens mineiras, estado que viveu a partir da década de 1940. O curador elege a originalidade como o principal aspecto da produção do artista, que utilizou o decorativo nas telas que deram formas as obras, além dos tetos, painéis, móveis e objetos que pintou.

Guignard provoca interesse especial em colecionadores e alcança altas cifras no mercado, comparado aos prestigiados Alfredo Volpi e Di Cavalcanti. Um exemplo que está presente na mostra à disposição dos visitantes do MAM, mas foi pouco visto pelo grande púbico, é o painel Paisagem Imaginante, de 1959, um óleo sobre madeira de 160 x 186 cm, que faz parte de coleção particular. “Os retratos de Guignard, junto com as paisagens, são capítulos privilegiados da obra do artista, que tem um lirismo único em nossa modernidade, ” afirma o curador.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus