Time Out São Paulo

Cinco lojas de vinho em São Paulo

 Selecionamos boas opções para uma degustação em casa


Os Wine bars estão se multiplicando por São Paulo, mas eles não são os únicos lugares onde se encontra bons vinhos na cidade. Selecionamos cinco lojas especializadas onde você pode achar ótimas opções para se desgustar em casa.
 

Expand

Shopping Cidade Jardim, Avenida Magalhães Castro, 12000, Cidade Jardim (3552-2115 / adegaexpand.com.br)

Este distribuidor vende pela internet e em shoppings de São Paulo, incluindo uma loja e wine bar ao lado das butiques de grife no Cidade Jardim. Ali, você pode provar antes de comprar, há uma seleção do catálogo (que tem mais de mil vinhos) disponível em taça (preços variam).

Melhor brasileiro por menos de R$ 75: Casa Valduga Raízes Cabernet Sauvignon, 2010, Rio Grande do Sul (R$ 62).
 

Enoteca Decanter

Rua Joaquim Floriano, 838, Itaim Bibi (3702-2020 / enotecadecantersp.com.br).

De propriedade da importadora Decanter, a Enoteca Decanter é outra loja de alto nível que virou bar. Apesar de servir petiscos gourmet e 80 vinhos em taça (R$ 6,92-R$ 177), o ambiente ainda é de loja chique. Poltronas de couro, paredes espelhadas e prateleiras de dois andares formam o tipo de cenário que atrai clientes sofisticados, que param para experimentar os vinhos antes de comprar algumas caixas.

Melhor brasileiro por menos de R$ 75: Matiz Touriga Nacional, 2011, Rio Grande do Sul, (R$ 53,15).
 

Casa do Porto

Alameda Franca, 1225, Jardim Paulista (3061-3003 / casadoportovinhos.com.br).

Vinhos biodinâmicos e orgânicos, ou seja, naturalmente produzidos, ainda são um pequeno nicho em São Paulo – poucos restaurantes que os levam a sério. O D.O.M. e o bistrô romântico Enoteca Saint VinSaint (R. Prof. Atílio Innocenti, 811, V. Nova Conceição, 3846-0384, saintvinsaint.com.br) são algumas exceções.

Se você quiser comprar uma garrafa ou uma caixa, a Casa do Porto é um bom destino, com cerca de 20 vinhos biodinâmicos e orgânicos da França e da Espanha. A loja, que possui filiais em várias cidades, abre dois ou três vinhos, escolhidos entre 600, para que os clientes provem uma taça (R$ 12-R$ 30). As garrafas custam a partir de R$ 25 e chegam a R$ 2,5 mil, por um Château Mouton Rothschild Magnum. 

Melhor brasileiro por menos de R$ 75: Maximo Boschi brut, 2007 (R$ 39).
 

Vinci

Rua Pamplona 917, Jardim Paulista (3130 4500 / vinci.com.br).

This boutique wine importer sells over 1,500 wines online, over the phone, and in their elegant Jardins store, with one of their specialities being the wines from the family-run vineyard Vina Errazuriz in the Aconcagua valley in Chile. Ask the staff for advice, or go on Saturdays when you’ll usually find a couple of bottles open for tasting. 

Melhor brasileiro por menos de R$ 75: 2008 Angheben Barbera, Rio Grande do Sul (R$45.50).
 

Vinea

Rua Manoel da Nóbrega, 1014, Ibirapuera (3059-5200 / vineastore.com.br). Outro endereço Alameda Araguaia 540, Alphaville (2078-7880).

Montada em duas casas vizinhas no Ibirapuera, esta loja vende uma pequena seleção de rótulos importados, a maioria da Itália e da França; você não encontrará nenhum vinho brasileiro. Os tintos são o foco, e há apenas alguns espumantes à venda. Fora da cidade, em Alphaville, a filial da Vinea assumiu uma abordagem mais gourmet, com bar de vinho e restaurante, além de um espaço para enófilos novatos fazerem cursos.  

Melhor brasileiro por menos de R$ 75: Joffre e Hijas Gran Reserva, Malbec, 2007, Argentina (R$ 70).


Todos os preços indicados no texto são de julho de 2013

Escrito por Catherine Balston
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro