Time Out São Paulo

É o Benedito

Bares das imediações da Praça Benedicto Calixto animam as tardes sem praia dos paulistanos

O programa é clichê, é verdade, mas há poucas maneiras mais agradáveis de aproveitar uma tarde de sábado em São Paulo do que dando uma volta pela feira da Praça Benedicto Calixto, em Pinheiros. De manhã, famílias e casais passeiam pelas barracas de antiguidades, em busca de quinquilharias, móveis e discos antigos. Das 14h30 às 18h30, tem o Chorinho na Praça, quando, bem no meio da feira, um grupo de músicos se apresenta ao vivo. Vale a pena apreciar o som comendo um doce caseiro da barraca que fica bem ao lado.

No meio da tarde, o cenário muda e o público gay aumenta. Grupos lotam as calçadas, batendo papo e tomando cerveja. Mas seja qual for sua orientação sexual, a atmosfera da praça é descontraída e acolhedora ao longo de todo o dia. Depois de fazer as compras, é hora de tomar uma cerveja gelada e matar a fome. A seguir alguns destaques da gastronomia local.

Consulado Mineiro
Em um ambiente colorido e animado, este bar e restaurante serve pratos típicos da cozinha mineira como tutu e feijão tropeiro. As porções são generosas: dois pratos são suficientes para cinco pessoas. Se a sua preferência é por cachaça, vai poder escolher entre mais de cem rótulos. A clientela é variada e a casa é popular entre o público LGBT. Para evitar filas, chegue antes das 12h30. Senão, relaxe enquanto espera, admirando a agitação da praça e tomando cerveja acompanhada de uma boa porção, como a de mandioca com carne de sol. Pça. Benedicto Calixto, 74, 11 3088-6055. consuladomineiro.com.br.

São Benedito
Um dos bares mais cheios das imediações, o lugar atrai gente bonita na faixa dos 20 a 30 anos. O cardápio oferece caipiroskas de kiwi, limão e tangerina e pratos com ar litorâneo, como moqueca de peixe com camarão e salmão grelhado com shimeji. A falta de janelas torna o ambiente um pouco escuro e as conversas podem ficar altas demais – se o dia estiver chuvoso, tudo bem, mas definitivamente não é o melhor jeito de aproveitar uma tarde ensolarada. Depois das 17h, a parte da praça em frente ao bar se torna ponto de encontro dos gays. Pça. Benedicto Calixto, 86, 11 3062-9678. consuladomineiro.com.br

Teu Lar
Legiões de jovens com dreadlocks e tatuagens, alguns sem camisa, se reúnem em volta das mesas deste bar despretensioso. Eles estão em busca de uma coisa apenas: cerveja gelada e barata. E o lugar oferece um dos menores preços da região. A garrafa de 600 ml de Skol, Brahma ou Antarctica sai por R$ 6. Saúde! R. Teodoro Sampaio, 1.065, 11 3064-3808.

Escondidinho da Amada
Como o nome já indica, a especialidade da casa é o prato típico do Nordeste, preparado pela proprietária do bar, Amada Lima. O lugar é democrático, os vegetarianos podem pedir o escondidinho à base de berinjela. No cardápio, você encontrará, ainda, um bom caldinho de feijão e caipirinhas preparadas com cachaça ou saquê. Famílias e grupos de amigos vêm para ouvir música ao vivo tarde afora. Os ritmos vão de rock e pop a MPB. A casa cobra R$ 5 de couvert. Pça. Benedicto Calixto, 177, 11 3807-7628. escondidinhodaamada.com.br.

Como Assim?!
Desça duas rampas até o segundo subsolo, abaixo das movimentadas lojas da feira ‘Como Assim?!’, e se depare com espaços de roupas, incenso, bugigangas e, no meio de tudo isso, um bar charmoso e tranquilo. O serviço é um pouco confuso e o cardápio lista cerveja Skol, caipirinhas e feijoada (R$ 18). É um pequeno e excêntrico oásis de calma, no coração da praça, o que para nós é justificativa suficiente para uma visita. Pça. Benedicto Calixto, 158, 11 3081-0641.

Escrito por Thiago Lasco
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro