Bares com cervejas artesanais

Conheça lugares onde encontrar rótulos produzidos em microcervejarias brasileiras

Divulgação
A Cervejaria Nacional
A Cervejaria Nacional

Baldes cheios de garrafas enterradas em pedras de gelo ou canecas de chope servidos mais que gelados: qualquer que seja sua preferência, há mais maneiras clássicas de se passar um fim de tarde agradável curtindo a bebida preferida dos brasileiros: a cerveja.

Feitas para combinar com o clima e estilo do país, as cervejas mais populares por aqui são leves. Mas cosmopolita como é, o público de São Paulo vem desenvolvendo um gosto por tipos de cerveja diferentes, como as ales, porters, IPAs e stouts produzidas em microcervejarias espalhadas pelo país. O resultado: milhares de rótulos interessantes e de sabores complexos encontrando espaço em bares da cidade.

Nenhuma cerveja em São Paulo segue um caminho tão curto entre a fabricação e os copos do consumidor final do que na Cervejaria Nacional, em Pinheiros, onde um moderno bar e restaurante de dois andares possui uma cervejaria em miniatura que produz cinco rótulos originais.

‘Comecei a fabricar cerveja artesanal como um hobby há 10 anos,’ diz o proprietário Luis Fabiani. ‘Comecei a vender minha cerveja em alguns bares e festivais antes de finalmente decidir abrir meu próprio lugar. Isso ainda é relativamente novo no Brasil, mas há um grande crescimento no número de cervejarias artesanais nos últimos anos.’

Divulgação
Cervejaria Ô Fiô
Cervejaria Ô Fiô


Para uma seleção maior de rótulos, uma das opções é a Cervejaria Ô Fiô, no Morumbi. Com uma bela área externa e milhares de cervejas brasileiras no menu, o menu do local divide os rótulos pelas regiões do país. Apenas São Paulo possui mais de 25 diferentes.

Voltando a Pinheiros, outra pedida é a loja-restaurante Empório Alto dos Pinheiros, onde as pessoas podem comprar cervejas bem caras nas gôndolas e bebê-las lá mesmo, em uma das mesas de ferro do restaurante. Lá há também uma ótima seleção de chopes no fundo do bar. Se você for em um sábado a tarde pode até pegar Paulo, o dono do local, experimentando e oferecendo algum rótulo internacional.

Mas esse gosto por cervejas 'diferentes' começou em 1987 no Frangó, na Freguesia do Ó, subúrbio na zona norte da cidade. Seu menu de cervejas variado rendeu muitos prêmios ao bar e uma multidão de clientes fiéis de todas as partes de São Paulo. Pergunte a José Manuel Teixeira, dono do charmosíssimo Empório Laura Aguiar, em Santana: ‘Começamos servindo mais cachaça, bebida que possui uma cultura de conhecedores muito forte por aqui, mas após ver a publicidade que o Frangó conseguia por conta de seu menu de cervejas, resolovemos expandir nossa seleção de rótulos e tivemos uma ótima resposta do público.'

Mesmo estando muito longe para os visitantes estrangeiros e para o público mais acostumado com áreas mais chiques, como os Jardins, o Empório está sempre cheio de cientes regulares. Os visitantes são acolhidos com carinho e têm a chance de experimentar cervejas como a Golden Ale (8.5%) ou a Dunkel (4.8%) produzidas em Santa Catarina.

A microcervejaria Karavelle, de Indaiatuba, no interior do estado, traz à capital seu primeiro brewpub. Aberto recentemente pelos empresários Dinho Diniz e Otávio Veiga e pelo cantor e ator Seu Jorge, que aparece beijando uma garrafa e sorrindo aos clientes nas muitas TVs espalhadas pelo bar, o Karavelle fica em uma fronteira entre ser uma casa noturna sensual e escurinha e destino sério para cervejeiros esnobes.

Para experimentar as cervejas Karavelle, peça a seleção de degustação, uma surpresa agradável e com uma amostra de tamanho razoável de cada tipo: red ale, cerveja de trigo, sout, IPA e duas variedades de pilsen. A pilsen Keller foi a grande vitoriosa.

Não há dúvidas que o número de microcervejarias vem crescendo no Brasil, e a variedade de cervejas que elas produzem vêm ganhando cada vez mais fãs cansados da falta de diversidade dos rótulos ndustrializados. ‘As pessoas estão ávidas por sabores e receitas diferentes, como as que usam ingredientes típicos brasileiros, por exemplo,’ conclui Fabiani, da Cervejaria Nacional.


A Cervejaria Nacional fica na Rua Pedroso de Morais, 604, Pinheiros (3628-5000/ cervejarianacional.com.br). Leia mais sobre Cervejaria Nacional
A Cervejaria Ô Fiô fica na Rua Lício Marcondes Amaral, 51, Morumbi (3721-6636/ cervejariaofio.com.br). Leia mais sobre Cervejaria Ô Fio
O Empório Alto dos Pinheiros fica na Rua Vupabussu, 305, Pinheiros (3031-4328/ altodospinheiros.com.br).
O Empório Laura Aguiar fica na Rua Doutor Gabriel Piza, 559, Santana (2977-0471/ emporiolauraaguiar.blogspot.com).
O Frangó fica no Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó, 168, Freguesia do Ó (3931-4281/ frangobar.com.br). Leia mais sobre Frangó
O Karavelle fica na Alameda Lorena, 1784, Jardim Paulista (3044-7555/ karavelle.com.br).
O BrewDog fica na Rua dos Coropés, 41, Pinheiros (3032-4007/ brewdog.com)
O Les 3 Brasseurs fica na Rua Jesuíno Arruda, 470, Itaim Bibi (3167-4145/ les3brasseurs.com.br)
O Bier Bär fica na Rua Tuim, 253, Moema (5051-6695/ bierbar.com.br)


Escrito por Time Out São Paulo editors
Tags: 
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.