Time Out São Paulo

Reunião de cúpula

Jogue seus dados no bar Ludus na Bela Vista

Não há nada como um bar cheio sábado à noite para fazer um estudo antropológico sobre os jogos humanos. Olhares sedutores, um ar de desinteresse e a velha mentira "Vesti a primeira coisa que encontrei no armário" são apenas algumas das jogadas oferecidas nos bares e casas noturnas de São Paulo, e ficam proporcionalmente mais complexas conforme o bar fica mais chique. É extenuante – e emocionante. Mas não é o tipo de jogo para todas as noites.

Um lugar onde você pode brincar todas as noites e onde os jogos são muito mais fáceis – há até quem explique as regras do jogo para os iniciantes – é o alegre Ludus, na Bela Vista.

Com um cardápio de 400 opções de jogos, que vão dos simples dados e baralhos até complicados jogos de tabuleiro alemães, o bar bem iluminado e animado fica bastante movimentado quase todas as noites – e não se trata apenas de nerds bebendo Fanta e jogando Banco Imobiliário. 
O bar é mais barulhento e agitado do que se pode imaginar, isso sem falar no Twister, que só é tirado do armário quando há espaço suficiente para jogá-lo.

Nas noites de sábado, o lugar é animado pelos jogadores, que dão gritos de comemoração. Ocupando três andares, o bar tem mesas simples no primeiro e último andares, e mesas de cassino no do meio.

Jogos de azar são proibidos no Brasil desde 1940, quando os cassinos do país foram fechados; em 2004, os bingos funcionaram pela última vez e, em 2007, centenas de máquinas cassa-níqueis foram confiscadas. Portanto, nada de apostas por aqui. Mesmo assim, as noites de terça-feira são de pôquer, em que se aposta crédito no bar; os vencedores são premiados com tudo pago em torneios internacional de pôquer ou outras viagens.

Quarta-feira é noite de Euro-Liga, em que jogos de tabuleiro como o Carcassone (alemão) e o Descobridores de Catan requerem estratégia dos jogadores. Auxiliares de camisa vermelha ficam disponíveis para explicar as regras de todo e qualquer jogo e também para trazer o jogo de sua escolha – há dois e até três no acervo dos mais populares, como Banco Imobiliário, War, Detetive e Jenga, então é provável que você consiga o que quer.

Mas não há limite de tempo para os jogos, então, se o que você quer estiver sendo usado, você pode dar um tempo com uma Jenga Gigante – uma pesada porção de batatas fritas – ou com um hambúrguer Texas Hold'Em (com molho barbecue). Ou simplesmente escolha outro jogo. (Andrea Mercado)?

?

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Explorando SP

10 lugares para comer empanada em SP

15 programas para fazer com crianças em SP