Saindo do forno

Cafés, casas de chá e padarias são um convite ao pecado

Giulia Helena Accourtes/ Divulgação
Doces alemães se destacam no display da Leckerhaus


O serviço da Vila Madalena é completo como um dos bairros da cidade que mais sabe atrair pela boca, em todos os momentos: informal com seus botecos e bares, sofisticada e envolvente com seus restaurantes, e confortável e doce com suas padarias e docerias, o mais novo boom na área.

Finalizando os preparativos para a primeira fornada (até o fechamento de nossa revista ela não havia inaugurado), a Le Pain Quotidien (R. Wisard, 138/154, Vila Madalena, lepainquotidien.com.br) é uma novidade há muito esperada.

A sofisticada rede chega a São Paulo com um forte pedigree, com suas origens humildes na Bélgica e que se expandiu internacionalmente – hoje, há 150 lojas em 19 países. A unidade de dois andares segue a característica decoração rústica-chique e serve pães, doces e salgados artesanais. As tartines (sanduíches abertos) fazem jus à fama, mas nós ficamos mais animados com os muffins. Duas novas filiais serão abertas ainda este ano no Itaim Bibi e no Shopping Cidade Jardim.

Com uma pegada totalmente diferente, a PÃO Padaria Artesanal Orgânica (R. Mourato Coelho, 995, Vila Madalena, 2495-2116, padariaartesanal.org) é uma rede paulistana que recentemente abriu sua terceira unidade no bairro. Prepare-se para pães, bolos e sanduíches orgânicos deliciosos, servidos em um lugar ainda menor que o primeiro endereço, na Rua Bela Cintra. A apenas algumas quadras dali, a importadora portuguesa Ó-Chá (R. Aspicuelta, 258, Vila Madalena, 2737-8001) é uma casa de chá que ocupa um sobrado todo reformado. O lugar reserva uma experiência autêntica, com chaleiras, xícaras de porcelana, uma boa variedade de chás clássicos e exóticos e bolos lindos. Os britânicos podem se deliciar com os típicos scones (um bolinho).

Bolos, aliás, são o centro das atenções na Shanti & Li (R. Artur de Azevedo, 969, Pinheiros, 2478-1405. shantieli.com.br). A proprietária, Lisa Chaves, aprendeu a fazê-los na comunidade alternativa onde cresceu, em Goiás. Ali, a falta de personalidade na decoração não afeta em nada o apetitoso (ou, melhor dizendo, “transcendental”) quitute vendido por quilo (para que você possa compartilhar com um amigo).

As formigas de plantão devem correr para a Leckerhaus Loja de Doces (R. Doutor Melo Alves, 293, Jardim Paulista, 2528-1234), onde a iluminação fraca e a abundância de almofadas fazem desse café alemão o lugar ideal para recarregar as baterias no meio da tarde. Escolha entre o sachertorte (bolo de chocolate) e o strudel de maçã. E, se a tarde estiver fria, peça também um chocolate quente.

Por fim, algumas quadras para baixo, o Madalenas (Al. Lorena, 1.579, Jd. Paulista, 3061-9420) é uma mistura de loja e café que parece estar disposta a vender tudo no ambiente: desde a cadeira onde o cliente se senta até os porta-bolos. O menu, enxuto, tem pratos mais substanciais (como torta de frango, quiche e nhoque de espinafre) ao lado dos petiscos e cafés.

Escrito por Catherine Balston
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.