Time Out São Paulo

Saindo do forno

Cafés, casas de chá e padarias são um convite ao pecado


O serviço da Vila Madalena é completo como um dos bairros da cidade que mais sabe atrair pela boca, em todos os momentos: informal com seus botecos e bares, sofisticada e envolvente com seus restaurantes, e confortável e doce com suas padarias e docerias, o mais novo boom na área.

Finalizando os preparativos para a primeira fornada (até o fechamento de nossa revista ela não havia inaugurado), a Le Pain Quotidien (R. Wisard, 138/154, Vila Madalena, lepainquotidien.com.br) é uma novidade há muito esperada.

A sofisticada rede chega a São Paulo com um forte pedigree, com suas origens humildes na Bélgica e que se expandiu internacionalmente – hoje, há 150 lojas em 19 países. A unidade de dois andares segue a característica decoração rústica-chique e serve pães, doces e salgados artesanais. As tartines (sanduíches abertos) fazem jus à fama, mas nós ficamos mais animados com os muffins. Duas novas filiais serão abertas ainda este ano no Itaim Bibi e no Shopping Cidade Jardim.

Com uma pegada totalmente diferente, a PÃO Padaria Artesanal Orgânica (R. Mourato Coelho, 995, Vila Madalena, 2495-2116, padariaartesanal.org) é uma rede paulistana que recentemente abriu sua terceira unidade no bairro. Prepare-se para pães, bolos e sanduíches orgânicos deliciosos, servidos em um lugar ainda menor que o primeiro endereço, na Rua Bela Cintra. A apenas algumas quadras dali, a importadora portuguesa Ó-Chá (R. Aspicuelta, 258, Vila Madalena, 2737-8001) é uma casa de chá que ocupa um sobrado todo reformado. O lugar reserva uma experiência autêntica, com chaleiras, xícaras de porcelana, uma boa variedade de chás clássicos e exóticos e bolos lindos. Os britânicos podem se deliciar com os típicos scones (um bolinho).

Bolos, aliás, são o centro das atenções na Shanti & Li (R. Artur de Azevedo, 969, Pinheiros, 2478-1405. shantieli.com.br). A proprietária, Lisa Chaves, aprendeu a fazê-los na comunidade alternativa onde cresceu, em Goiás. Ali, a falta de personalidade na decoração não afeta em nada o apetitoso (ou, melhor dizendo, “transcendental”) quitute vendido por quilo (para que você possa compartilhar com um amigo).

As formigas de plantão devem correr para a Leckerhaus Loja de Doces (R. Doutor Melo Alves, 293, Jardim Paulista, 2528-1234), onde a iluminação fraca e a abundância de almofadas fazem desse café alemão o lugar ideal para recarregar as baterias no meio da tarde. Escolha entre o sachertorte (bolo de chocolate) e o strudel de maçã. E, se a tarde estiver fria, peça também um chocolate quente.

Por fim, algumas quadras para baixo, o Madalenas (Al. Lorena, 1.579, Jd. Paulista, 3061-9420) é uma mistura de loja e café que parece estar disposta a vender tudo no ambiente: desde a cadeira onde o cliente se senta até os porta-bolos. O menu, enxuto, tem pratos mais substanciais (como torta de frango, quiche e nhoque de espinafre) ao lado dos petiscos e cafés.

Escrito por Catherine Balston
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Carnaval de rua em SP

20 shows gratuitos no aniversário de SP

Novidades no Jamie´s Italian