Cinco padarias em São Paulo

Conheça boas opções para um café da manhã reforçado ou um lanche caprichado nesses estabelecimentos que são a maior paixão do paulistano

Divulgação
Interior da padaria Dengosa

São Paulo é uma cidade apaixonada por padarias. Todas as manhãs, religiosamente, elas estão lotadas de pessoas tomando um bom pingado com pão na chapa para acordar e começar a trabalhar. Isso sem falar na infinidade de outros comes e bebes degustados nos outros momentos do dia. Escolhemos cinco padarias para você tomar um café da manhã reforçado ou apenas se deliciar no lanche da tarde com o clássico combinado paulistano. E peça o café com leite do jeito que quiser (média ou pingado). Só não vale o ‘carioca’.
 

Dengosa

Rua Dr. Melo Alves, 281, Jd. Paulista (3061-2919)

Esta concorrida padaria da região dos Jardins ainda preserva os ares das antigas panificadoras de bairro. Administrada pelos mesmos donos da Galeria dos Pães, a padaria tem um balcão metalizado, sem bancos, por onde desfilam sanduíches caprichados para serem degustados de pé. Um de seus pontos altos é mesmo o pingado, que ali é chamado de média, feito com espuma cremosa de leite e servido na xícara, não no copo. Entre as sugestões, o de pão ciabatta recheado com pastrami, queijo prato e picles de pepino é uma boa pedida.

Letícia

Rua Passo da Pátria, 756, Alto da Lapa (3831-6765/ leticiapaes.com.br)

Com trinta anos de história, a padaria já é um clássico da zona oeste – hoje com outras três lojas na região e uma no Morumbi. Na unidade do Alto da Lapa, o ambiente amplo e com boa iluminação natural é convidativo para um café da manhã alongado. Uma dupla perfeita para o desjejum é o pingado, servido em copo de 300 ml, acompanhado do pão de cenoura na chapa com requeijão. Se a fome for grande, os sanduíches enormes, como o que leva peito de peru, queijo branco e bacon, na minibaguete, podem satisfazer. 
 

Quinta do Marquês

Avenida Brig. Faria Lima, 1.853, Jd. Paulistano (3371-2300)

“Aqui, nosso pastel de nata é tão bom quanto o pastel de Belém”, diz um dos atendentes, seguro da comparação com um dos quitutes mais famosos de Lisboa. E ele não está mentindo. Esqueça o pão na chapa (ou não) e peça logo o cremoso doce na padaria de atendimento impecável. Comentários alegres sobre futebol são frequentes, especialmente se estiver sozinho no balcão com seu macchiatto. Prove ainda o bolinho de bacalhau e leve um brioche gigante para comer com sua manteiga preferida. 
 

St. Etienne

Avenida Diógenes Ribeiro de Lima, 2.555, Alto de Pinheiros (3021-1200)

A exemplo das outras duas unidades da rede, o endereço conta com instalações amplas e cardápio abrangente para atender a diferentes perfis. Ali, a dica é sentar-se ao balcão e pedir uma baguete na chapa com requeijão para acompanhar a média, feita com café espresso e espuma de leite. Para os fãs de café da manhã, é possível aproveitar o bufê da casa. Durante a semana, o serviço inclui pães, frios, sucos e frutas. Nos fins de semana, é mais completo, na linha “café colonial”. 
 

Saint Germain

Rua Manoel Guedes, 110, Itaim (3167-5400/ saintgermain.com.br).

Pense em um lugar ideal para fazer a pausa do lanche da tarde entre uma reunião e outra. Esta padaria, localizada na agitada região corporativa do Itaim, tem um dos pães na chapa mais sequinhos e crocantes do bairro – se quiser, peça com requeijão. Originalmente de Curitiba, a filial paulistana mantém a tradição da qualidade dos (muitos tipos de) pães. No balcão que ladeia uma das paredes, aguarde seu espresso com um cubinho de brownie feito na casa. E, se quiser adoçar ainda mais o fim de tarde, as carolinas são inacreditáveis.. 


Escrito por Time Out São Paulo editors
Tags: 
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.