A Música Nunca Parou: crítica do filme

2
Europa Filmes/Divulgação
Cena de 'A Música Nunca Parou'

Baseado em um estudo de caso do neurologista Oliver Sacks, a saga familiar dirigida por Jim Kohlberg coloca o engenheiro durão de classe média Henry Sawyer (J. K. Simmons, sólido como sempre) para enfrentar o filho de espírito livre, Gabriel (Lou Taylor Pucci) – ou melhor, a amnésia do filho agora adulto.

Nos idos de 1968, Gabriel era só um jovem hippie se inteirando das coisas e louco para cair fora. Mas depois que ele e seu pai discutem sobre a Guerra do Vietnã, a faculdade e o rock’n’roll, o adolescente vai embora. Há um corte para meados dos anos 1980, quando, após décadas de estranhamento, a família se reúne novamente, enquanto Gabriel se reabilita após a remoção de um tumor no cérebro. Há um problema: ele não se lembra de nada que aconteceu depois de Woodstock. Então, Henry troca seus discos de Count Basie pelo acid rock – especialmente pelos da banda predileta de Gabriel, Grateful Dead – a fim de se comunicar com o filho.

A música não só acalma a fera, como também pode curar todas as fraturas geradas pela distância entre as gerações (que isso aconteça durante a era Reagan, quando o conservadorismo dos anos 1950 e a nostalgia dos 60 lutaram pela supremacia cultural, é duplamente irônico. Aparentemente, todo mundo poderia ter se conectado simplesmente ouvindo a música ‘Truckin’!).

Esse tipo de drama alimentado pela doença já tende a ser meio novelesco, mas Kohlberg não se arrisca. Quando chega ao ponto de pai e filho estarem juntos em um show do Grateful Dead, o diretor já tocou insistentemente nos corações dos espectadores, como Jerry Garcia em um longo solo. A música um dia acaba; a insipidez do filme, no entanto, continua sempre e sempre.

Escrito por David Fear

A Música Nunca Parou: crítica do filme vídeo

Mais sobre A Música Nunca Parou: crítica do filme

Duração 105 minutes

País de origem EUA

Ano de produção 2011

Classificação Not available

Estreia 13 Dez 2013

Diretor Jim Kohlberg

Elenco Lou Taylor Pucci, J.K. Simmons, Julia Ormond

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.

powered by