The Rover - A Caçada: crítica do filme

3
Divulgação

Será que tem alguma coisa na água australiana? A nação que nos deu o pós-apocalíptico Mad Max (o diretor George Miller está atualmente trabalhando no quarto episódio) agora nos dá uma variação do tema, mais seca e suja. David Michôd, de Reino Animal, deixa seus colegas australianos orgulhosos, montando de forma eficiente um colapso global, um cenário de carros roubados e com pouco humor.

Deixando de lado as similaridades, The Rover - A Caçada quase vale a pena pela atuação central de Guy Pearce, que supera Mel Gibson com suas habilidades com as armas e com a sua busca obsessiva. Pessoas mais fracas atrapalham o seu caminho - e sofrem. Tem uma pureza na extrema falta de lógica que, combinada com o jeito que David tem com as paisagens, faz com que uma cena de um homem mascarado pareça algo profundo.

O que o Robert Pattinson, o vampiro da saga Crepúsculo, está fazendo no filme? Basicamente se exibindo: ele é um improvável americano fora de seu país, com problemas mentais e com as dificuldades de fala bem ao estilo do personagem de Billy Bob Thornton em Na Corda Bamba, que vira o mascote do nosso herói. E um trabalho com tiques e agitado, sem ser muito persuasivo.

Escrito por Joshua Rothkopf

The Rover - A Caçada: crítica do filme vídeo

Mais sobre The Rover - A Caçada: crítica do filme

Duração 102 minutes

País de origem Australia

Ano de produção 2014

Classificação Not available

Estreia 7 Ago 2014

Diretor David Michôd

Elenco Guy Pearce, Robert Pattinson, Scoot McNairy

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.

powered by