Os Descendentes

Divulgação

O talento de George Clooney em parecer um cachorro que caiu da mudança nunca foi tão bem explorado como na tragicomédia sensível e comovente de Alexander Payne sobre o luto de uma família havaiana. A supercelebridade de Hollywood baixa o tom, sem esforço, para interpretar Matt King, o herdeiro sempre apreensivo do tradicional clã. Matt enfrenta desafios duplos: a venda lucrativa de um terreno e a morte iminente de sua esposa, Elizabeth (Hastie), que vive um coma irreversível após um acidente.

Elizabeth assombra cada cena de Os Descendentes. Payne inclusive começa o filme com um amoroso e demorado close de seu rosto, que tão bem expressa sua personalidade e é de partir o coração. Mas ela não é santa: Matt sabe que seu casamento enfrenta problemas, mas ainda assim fica chocado quando sua filha mais velha (Woodley), sempre pronta para uma guerra, diz que a mãe tinha um caso. Assim começa a viagem de Matt e suas filhas, para informar parentes e amigos de que Elizabeth está em condições terminais e, também, para procurar seu amante. Como sempre, Payne – adaptando um romance de Kaui Hart Hemmings – transita pela tênue fronteira entre a caricatura e a compaixão.

Apenas um monólogo protagonizado por Judy Greer, a mulher do amante, representa um escorregão no qual o diretor mostra seu pior lado. Fora isso, trata-se do retrato primoroso de uma família tentando sobreviver ao naufrágio provocado por um de seus membros.

Escrito por Keith Uhlich

Mais sobre Os Descendentes

Duração 115 minutes

País de origem EUA

Ano de produção 2011

Classificação Not available

Diretor Alexander Payne

Elenco George Clooney, Shailene Woodley, Patricia Hastie

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.

powered by