Time Out São Paulo

A Invenção de Hugo Cabret (Hugo)

A Invenção de Hugo Cabret (Hugo)

Estreia 17 Fev 2012

Diretor Martin Scorsese

Elenco Asa Butterfield, Chloe Moretz, Ben Kingsley

Isso sim era inesperado: divulgado como um filme açucarado no estilo de Chris Columbus, a surpreendente adaptação do diretor norte-americano Martin Scorsese – baseada na literatura infantojuvenil – se revela um bizarro monstro de duas cabeças.

Comecemos pelo que interessa: em um filme de US$ 170 milhões sobre Georges Méliès, difícil fazer melhor do que isso. O ator inglês Ben Kingsley, que está maravilhoso no papel, interpreta o ilusionista e cineasta francês que fez 500 filmes (de que se tem registro), inclusive o seminal Viagem à Lua (mudo), antes de ir à falência durante a Segunda Guerra Mundial.

Méliès acabou comandando uma loja de brinquedos na estação de trem de Montparnasse, em Paris – que é o principal cenário do filme em terceira dimensão de Scorsese (sem dúvida, um dos melhores usos desse formato).

É nesse lugar, onde cada canto parece guardar um segredo, que encontramos o dramaturgo já senil e amargo, por volta de 1931. Infelizmente, também é onde a outra parte da trama, mais sem graça, acontece.

Na verdade, Méliès não é o personagem principal da história, apesar de ficar claro que Scorsese está mais interessado nele, a partir de diversos trechos mais documentais e de algumas ternas recriações do diretor trabalhando (em flashback).

Essa é, essencialmente, uma narrativa sobre um menino órfão, Hugo Cabret (Butterfield, um pouco apagado), que tenta resolver o mistério de um androide herdado de seu falecido pai. Méliès está ligado a esse enigmático robô, assim como a inteligente coadjuvante (Moretz) que fica amiga de Hugo porque está em busca de aventura.

Mas o humor infantil não tem muito a ver com Scorsese. Ele preferiria deixar Hugo de lado e ensinar a ele (e a nós) sobre a colorização no cinema mudo em vez de uma narrativa pastelão sobre a paternidade (alô, Sacha Baron Cohen!). Ainda assim, você não pode deixar de admirar a ambição do projeto: uma estranha mistura de Babe, o Porquinho Atrapalhado com História(s) do Cinema de Godard, A Invenção de Hugo Cabret é o estranho no ninho que vai agraciar os cinemas multiplex em breve.

Estreia em 17 de fevereiro

Escrito por Keith Uhlich
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus