V Tumane

Divulgação

Após fazer documentários por mais de uma década, o diretor bielorrusso Sergei Loznitsa chamou a atenção da crítica em 2010 com sua primeira e impressionante ficção, Minha Felicidade, um olhar pessimista sobre a Rússia contemporânea. Com o mesmo desânimo, embora mais convencional, Loznitsa promete receber ainda mais elogios com o novo filme.

Estamos na Bielorrússia de 1942, com soldados nazistas enforcando bielorrussos da resistência. O filme inicia, então, a narração do que acontece após dois guerrilheiros chegarem à casa de um camarada suspeito de ter traído os homens executados. Ele alega inocência, mas o grupo, assim como sua mulher, não acredita nele e o leva para a floresta, a fim de evitar serem descobertos pelas tropas alemãs.

O que se segue não só mostra o destino de cada um dos três homens, como também desenha, por meio de flashbacks, suas personalidades e suas diferentes respostas sobre como lidar com as forças de ocupação.

Loznitsa adota um ritmo lento e digno, permitindo que uma série de ironias cruéis venham à tona. Quase não há ação militar, e os diálogos são apressados, até mesmo balbuciados. Mas o filme não chega a ser excessivo nas falas e seus significados não só podem ser descobertos através dos diálogos, como também em cenas eloquentes, recheadas de árvores sombrias, neve e névoa.

Trata-se de um filme de guerra que enfatiza as emoções individuais em detrimento do espetáculo da batalha; que usa a metáfora do questionamento ético no lugar de polêmicas simplistas que argumentam contra ou a favor do engajamento militar.

Este filme está na 36ª Mostra Internacional de Cinema

Escrito por Geoff Andrew

Mais sobre V Tumane

Duração 127 minutes

País de origem Bielorrússia/ Rússia/Letônia

Ano de produção 2012

Classificação Not available

Diretor Sergei Loznitsa

Elenco Vladimir Svirskiy, Vladislav Abashin e Sergei Kolesov

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.

powered by