Time Out São Paulo

A Escolha Perfeita

A Escolha Perfeita

Estreia 7 Dez 2012

Diretor Jason Moore

Elenco Anna Kendrick, Brittany Snow, Rebel Wilson.


Os fãs de Anna Kendrick (de Amor sem Escalas) devem se lembrar de uma cena da comédia musical Camp (2003) em que ela faz uma interpretação maliciosa da canção ‘The Ladies Who Lunch’, de Stephen Sondheim, com direito a copo de martíni e trançar de pernas.

Ela tem um vozeirão. Você fica querendo que o papel de Kendrick em A Escolha Perfeita – uma comédia empolgante sobre um grupo a cappella formado por estudantes – derrube estereótipos, mas ficará um tanto decepcionado com o enredo que raramente sai do comum e pelo fato de a atriz se prender ao lado mais previsível de sua personagem, Beca, uma forasteira rejeitada e DJ (sempre munida de grandes headphones) que entra para o time e ajuda a levantar a equipe de garotas derrotadas ao longo de um campeonato.

Mas o roteiro de Kay Cannon (baseado no romance autobiográfico de 2008 do ex-editor da revista GQ Mickey Rapkin) consegue manter sarcasmo o suficiente para que o filme, feito de boa fé, transcorra bem. A honestidade da classe média é colocada ali com habilidade, desde a doce interpretação de ‘The Sign’, do Ace of Base, até flertes das meninas com mauricinhos.

E, embora as piadas às vezes sejam forçadas, há alguns bons momentos. Uma cantora aparece, na forma de Rebel Wilson (do reality show Bachelorette), às voltas com o abandono de maneira insolente e confiante. Será que a presença de um namorado sofredor (Skylar Astin) é mesmo necessária? Na verdade, não. Esse filme seria melhor se tivesse um pouco mais de cantores e seus momentos de celebridade. 

Escrito por Joshua Rothkopf
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus