Time Out São Paulo

Killer Joe - Matador de Aluguel

Killer Joe - Matador de Aluguel

Diretor William Friedkin

Elenco Matthew McConaughey, Emile Hirsh, Juno Temple, Gina Gershon.


Em 2006, o diretor William Friedkin encontrou a mina de ouro com sua adaptação de Possuídos, peça de Tracy Letts sobre a paranoia de um casal em um quarto de motel - o filme ofereceu à atriz Ashley Judd uma oportunidade de revigorar sua carreira e deu merecido destaque ao ótimo ator Michael Shannon. Com tamanho sucesso, não é surpresa que o cienasta tenha escolhido desta vez a obra Killer Joe (1993), também de Letts.

O filme começa quando o endividado traficante Chris Smith (Emile Hirsch) traça um plano com o pai, o pobretão Ansel (Thomas Haden Church), para matar a mãe e receber o dinheiro do seguro. Eles contratam o serviço de Killer Joe Cooper (Matthew McConaughey), assassino de aluguel que duvida da proposta de pagamento parcelado feita pela dupla – até que decide que a irmã de Chris, Dottie (Juno Temple), pode ser a recompensa.

O assassinato é um catalisador para que Joe se insinue dentro da vida dos outros personagens. Ele se recusa a ir embora até que tenha exposto cada centímetro da podridão moral dessa família desestruturada. Cada um dos atores claramente aprecia o sensacionalismo descarado de Letts e Friedkin, principalmente a destemida Gina Gershon, que faz a amante manipuladora de Ansel. Mas McConaughey é mesmo a revelação: a personificação do psicopata, com um olhar cortante, ele saboreia cada uma das falas diabólicas escritas por Letts. A horrível, mas também grande piada, é que Joe é a encarnação do demônio. E encarar o abismo nunca pareceu tão bom.
 

Escrito por Keith Uhlich
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus