2ª Mostra de Cinema Soviético e Russo

3 Dez 2015- 9 Dez 2015

Divulgação
Cena do filme 'O Caminho para Berlim', de Sergey Popov

Este evento terminou

Seguindo o sucesso da edição de 2014, o festival exibe filmes de um dos mais importantes estúdios russos, a Mosfilm. São 11 filmes que vão de 1924, como Aventuras Extraordinárias de Mr. West no País dos Bolcheviques, clássico do mentor de Eisenstein e Pudovkin, Lev Kulechov, até produções mais recentes, como O Caminho para Berlim (2015), de Sergey Popov.

Considerado o mais antigo estúdio europeu, o Mosfilm, produziu mais de 2.500 longas metragem de inúmeros diretores que ajudaram a criar a história do cinema mundial e, ainda hoje, é um dos maiores estúdios da Rússia e um dos maiores da Europa.

A programação exibe pelo menos um filme representativo de cada década com entrada franca e traz um debate com a cineasta e presidente do estúdio, Karen Shakhnazarov – que assina dois longas que constam na mostra: A Filha Americana (1995) e Cidade dos Ventos (2008).

Confira a programação completa e sinopses:

03/12 (quinta-feira)
20h30 - O Caminho Para Berlin
Dir. Sergey Popov, Rússia, 2015, cor, 83’
Condenado por covardia ao fuzilamento, tenente russo tem várias oportunidades de escapar, enquanto cruza a estepe escoltado por soldado uzbeque até o posto de comando. Baseado em escritos de Konstantin Simonov e Emmanuil Kazakevich, o filme foi lançado por ocasião 70º. aniversário da vitória do Exército Vermelho sobre o fascismo.

04/12 (sexta-feira)
19h30 - A Filha Americana
Dir. Karen Shakhnazarov, Rússia, 1995, cor, 94’
Abandonado pela mulher que decide viver com americano rico no país do Tio Sam, músico russo vai ao seu encontro, dez anos mais tarde, visando restabelecer os laços com a filha pré-adolescente.

21h30 - Debate com Karen Shakhnazarov

05/12 (sábado)
17h30 - Aventuras Extraordinárias de Mr. West no País dos Bolcheviques
Dir. Lev Kulechov, União Soviética (URSS), 1924, pb, 94’
Mestre de Eisenstein e Pudovkin, Kulechov, desde o início dos anos 20, explorava a técnica de justaposição das imagens para exprimir conceitos e emoções, valorizando a montagem como o ápice da criação cinematográfica.

19h30 - Tratoristas
Dir. Ivan Pyriev, União Soviética (URSS), 1939, pb, 83 min
De volta da guerra no Extremo Oriente, piloto de tanque se apaixona pela líder de uma equipe de tratoristas. A canção-tema que acompanha os créditos desta comédia musical se tornou um marcante sucesso popular.

21h - Lenin em 1918
Dir. Mikhail Romm, União Soviética (URSS),1938, pb, 108’
Com: Yelena Shatrova, Nikolai Svobodin, Vladimir Pokrovsky, Semyon Goldshtab
Dez anos depois do "Outubro", de Eisenstein, onde o protagonista são as massas trabalhadoras, Romm aceita o desafio de individualizar e dar vida à figura de Lenin.

06/12 (domingo)
17h - A História de um Homem de Verdade
Dir. Aleksandr Stolper, União Soviética (URSS), 1948, pb, 92’
Piloto caído atrás das linhas inimigas não se rende. Gravemente ferido, regressa às fileiras e, após um ano de trabalho, para se adaptar às próteses nas duas pernas, volta a voar, completando 86 missões de combate. Os feitos de Alexey Maresyev foram também celebrados no romance de Polevoy e na ópera de Prokofiev, em 1946 e 1948.

19h - O Cavaleiro da Estrela de Ouro
Dir. Yuli Raizman, União Soviética (URSS), 1950, pb, 112’
Veterano da Grande Guerra Patriótica retorna à aldeia natal e se engaja na luta pela implantação de um plano para a reconstrução de toda a região. Arrojado e polêmico, o plano divide as opiniões. Baseado no romance homônimo de Semion Babayevsky.

07/12 (segunda-feira)
19h - Braço de Diamante
Dir. Leonid Gaidai, União Soviética (URSS), 1968, cor, 95’
As comédias de Gaidai venderam mais de 600 milhões de ingressos nas Repúblicas Soviéticas. Em uma pesquisa de 1995, “Braço de Diamante” foi eleita a “melhor comédia russa de todos os tempos”.

21h - A Vida é Maravilhosa
Dir. Grigori Chukhray, União Soviética (URSS), 1979, cor, 95’
Vinte anos depois de "A Balada do Soldado", Chukhray dirige esta coprodução soviético-italiana estrelada por Giancarlo Giannini, sobre um piloto que só queria levar uma vida tranquila, sem se envolver em política, num mundo conturbado.

08/12 (terça)
19h30 - Vassa
Dir. Gleb Panfilov, União Soviética (URSS), 1983, cor, 127’
Escrita por Maksim Gorki em 1910 e rescrita em 1935, a peça "Vassa Jelezhnova" foi a primeira incursão de Panfilov no universo do renomado autor sovético. Em 1989, ele realizaria "A Mãe", também com Irina Churikova no papel-título.

09/12 (quarta)
19h - A Cidade dos Ventos
Dir. Karen Shakhnazarov, Rússia, 2008, cor, 105’
Na década de 70, jovem universitário "dissidente" disputa com o amigo comunista o amor da doce Lyuda, enquanto o entusiasmo socialista na URSS vai sofrendo uma gradual, porém contínua, erosão.

21h - O Caminho para Berlim
Dir. Sergey Popov, Rússia, 2015, cor, 83’
Condenado por covardia ao fuzilamento, tenente russo tem várias oportunidades de escapar, enquanto cruza a estepe escoltado por soldado uzbeque até o posto de comando. Baseado em escritos de Konstantin Simonov e Emmanuil Kazakevich, o filme foi lançado por ocasião 70º. aniversário da vitória do Exército Vermelho sobre o fascismo.

Serviço

Sala Cinemateca


Endereço Largo Senador Raul Cardoso, 207

Vila Mariana, São Paulo

Telefone (11) 3512 6111

Site de Sala Cinemateca

Data 3 Dez 2015- 9 Dez 2015

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.