É Tudo Verdade 2016

7-17 Abr

Divulgação
Cena do documentário italiano 'Fogo no Mar', de Gianfranco Rosi

Este evento terminou

O documentário sempre foi o patinho feio do cinema. Pelo menos no que diz respeito ao público. Mas alguns festivais são essenciais para a disseminação do gênero para além dos críticos. E esse um papel que o É Tudo Verdade vem desenvolvendo há 21 anos. Em 2006 são 22 estreias mundiais. Ao todo, são 85 filmes de 26 países.

Além do filme de abertura da mostra, o italiano Fogo no Mar, de Gianfranco Rosi, vencedor do tradicional Festival de Berlim deste ano, algo raríssimo para um documentário, e que mostra a força do formato atualmente, destaque para títulos como o chileno Chicago boys, de Carola Fuentes e Rafael Valdeavellano; o americano Nuts!, de Penny Lane; Claude Lanzmann: Espectros do Shoah, de Adam Benzine; o francês Atentados: As faces do Terror, de Stéphane Bentura; o brasileiro O Homem que Matou John Wayne, de Diogo Oliveira e Bruno Laet, entre outros.

Outra atração sempre muito interessante do É Tudo Verdade são as retrospectivas e mostras especiais. Em 2016 será retratada a carreira do diretor Carlos Nader, vencedor da Competição Brasileiros nos dois últimos anos, com Homem Comum (2014) e A Paixão de JL (2015). Haverá também uma mostra especial com documentários sobre Olímpíadas e sessões dedicadas aos cineastas Chantal Akerman, Ruy Guerra, Claude Lanzmann e Haskell Wexler.

Em São Paulo, os filmes do festival são exibidos No Centro Cultural São Paulo (CCSP), Cinemateca Brasileira, Cinearte, Galeria Olido, Itaú Cultural, Reserva Cultural, CEU Butantã e CEU Meninos. Confira a programação completa no site etudoverdade.com.br.

Serviço

Data 7-17 Abr

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.