Time Out São Paulo

Adaptação: A Literatura no Cinema

Este evento terminou

Adaptação: A Literatura no Cinema

Data 10-26 Jun

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana

Telefone (11) 3512 6111

A mostra dedicado a adaptações literárias exibe produções de diversos períodos e nacionalidades, de clássicos da literatura – e do cinema – a obras contemporâneas. Entre os destaques estão Filme Demência, uma das obras-primas de Carlos Reichenbach – versão livre do 'Fausto' de Goethe encenado nas ruas de São Paulo; o raro Oswaldianas, longa em episódios dirigidos por Inácio Zatz, Lúcia Murat, Júlio Bressane, Ricardo Dias, Roberto Moreira e Rogério Sganzerla à partir do genial Oswald de Andrade.

Além deles, o festival traz O Tempo Redescoberto, releitura de 'Em Busca do Tempo Perdido', de Marcel Proust, com direção do chileno Raoul Ruiz; Desejo Humano, clássico de Fritz Lang adaptado de 'A Besta Humana', de Émile Zola; A Professora de Piano, cultuado filme de Michael Haneke à partir de 'A Pianista', da vencedora do Nobel Elfriede Jelinek; A Teia de Chocolate, dirigido por Claude Chabrol à partir de um romance policial de Charlotte Armstrong; O Doce Amanhã, de Atom Egoyan, baseado no romance do norte-americano Russell Banks.

Entre os mais pop estão a bela transposição do romance de Rick Moody, A Tempestade de Gelo, dirigido por Ang Lee; a comédia romântica Alta Fidelidade, visão de Stephen Frears do livro de Nick Hornby; e Clube da Luta, que David Fincher dirigiu à partir do romance de Chuck Palahniuk.

Entre os brasileiros estão – além dos já citados Filme Demência e  Oswaldianas – a adaptação da obra-prima de Raduan Nassar, Lavoura Arcaica, de Luiz Fernando Carvalho; Engraçadinha depois dos Trinta, versão de J. B. Tanko para o romance 'Asfalto Selvagem', de Nelson Rodrigues; Estorvo, radical filme de Ruy Guerra à partir primeiro romance de Chico Buarque; e o clássico Os Inconfidentes, de Joaquim Pedro de Andrade, adaptação livre dos 'Autos da Devassa' e do 'Romanceiro da Inconfidência', de Cecília Meireles.

Confira a programação completa com sinopses:

SEXTA 10/06
SALA BNDES
18h
Desejo Humano (Human Desire), de Fritz Lang.
EUA, 1954, 35mm, pb, 90’| Legendas em português
Com Glenn Ford, Gloria Grahame, Broderick Crawford, Edgar Buchanan. Um veterano da Guerra da Coréia retorna para o seu trabalho de maquinista e se envolve num caso com a esposa de seu colega de trabalho. Baseado em A besta humana, de Émile Zola.
20h Os Inconfidentes, de Joaquim Pedro de Andrade
Com José Wilker, Luiz Linhares e Paulo César Peréio
Brasil, 1972, 100’, cor, 35mm | Exibição em HDCam. Reconstituição da Inconfidência Mineira que contesta versões oficiais sobre o episódio histórico. Com base nos Autos da Devassa, em poesias de Cecília Meireles e dos Inconfidentes, o filme trata da posição de intelectuais diante da prática de políticas revolucionárias. Baseada em O Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meirelles, nos Autos da Devassa e em versos de Thomaz Antonio Gonzaga, Cláudio Manoel da Costa e Inácio José de Alvarenga Peixoto.

SÁBADO 11/06
SALA BNDES
17h
Tempestade de Gelo (The Ice Storm), de Ang Lee
Com Kevin Kline, Joan Allen, Sigourney Weaver
EUA/França, 1997, cor, 35mm, 112’| Legendas em português. Uma repentina tempestade de gelo prende grande parte das pessoas em casa. Dentro de casa, a família passa a encarar todas as suas contradições e seus problemas, formando um melancólico retrato de uma família burguesa nos anos 70. Baseado no livro homônimo de Ricky Moody.
19h Estorvo, de Ruy Guerra
Brasil/Cuba/Portugal, 1998, 35mm, pb, 95’ | Exibição em HD Cam
Com Jorge Perugorría, Bianca Byington, Suzana Ribeiro, Leonor Arocha. Depois de uma noite mal dormida, um homem acorda com a campanhia da porta. Pelo olho mágico, vê um desconhecido que lhe lembra alguém que não consegue identificar. Sentindo-se ameaçado, ele sai pela cidade e dá início a uma perseguição. Baseado no romance homônimo de Chico Buarque, numa das muitas parcerias do escritor e músico com Ruy Guerra.
21h A Professora de Piano (La Pianiste), de Michael Haneke
Com Isabelle Huppert, Annie Girardot, Benoît Magimel
Áustria/França/Alemanha, 2001, cor, 35mm, 132’| Legendas em português. Erika Kohut trabalha como professora de piano no Conservatório de Viena e mora com a mãe, que controla seus passos todo o tempo. Logo ela inicia um relacionamento com um de seus alunos. Grande interpretação de todo o elenco nesta adaptação do romance da vencedora do Nobel Elfriede Jelinek.

DOMINGO 12/06
SALA BNDES

16h A Teia de Chocolate (Merci Pour le Chocolat), de Claude Chabrol
Com Isabelle Huppert, Jacques Dutronc, Anna Mouglalis
França/Suiça, 2000, cor, 35mm, 100’| Legendas em português. Diretora de uma fábrica de chocolate, casada com um famoso pianista, leva uma vida pacata junto ao enteado, até que uma jovem pianista se aproxima da família desconfiando ter sido trocada na maternidade. Filme de mistério dirigido pelo mestre Chabrol, baseado em romance de Charlotte Armstrong.
18h Alta Fidelidade (High fidelity), de Stephen Frears
EUA/Inglaterra, 2000, 35mm, cor, 113’ | Legendas em português
Com John Cusack, Iben Hjejle, Todd Louiso, Jack Black, Lisa Bonet, Catherine Zeta-Jones. Proprietário de uma decadente loja de discos, depois de ser abandonado por sua namorada de longa data, passa a reexaminar todas as fracassadas tentativas de romance de seu passado. Fanático pela criação de listas, ele elenca num “top five” os seus relacionamentos anteriores e passa a entrar em contato com cada uma de suas ex-namoradas. Adaptação de um livro de Nick Hornby.
20h O Doce Amanhã (The Sweet Hereafter), de Atom Egoyan
Com Ian Holm, Sarah Polley, Caerthan Banks
Canadá, 1997, 35mm, 112’ | Legendas em português. Um acidente de ônibus escolar provoca a morte de 20 crianças, em uma cidade no interior do Canadá. As famílias em luto são visitadas por um advogado que tenta convencer os pais a pedirem uma indenização contra qualquer um que possam culpar. Baseado no romance do norte-americano Russell Banks.

QUINTA 16/06
SALA PETROBRAS
18h
Filme Demência, de Carlos Reichenbach
São Paulo, 1986, 35mm, cor, 90’ | Exibição em HD Cam
Com Ênio Gonçalves, Emilio Di Biasi, Imara Reis, Benjamin Cattan. Depois de perder a indústria herdada do pai, e sem conseguir manter a vida conjugal, jovem burguês inicia uma descida vertiginosa aos infernos, mergulhando na noite da metrópole. Livremente inspirado no Fausto, de Goethe numa das experiências mais radicais da filmografia de Carlos Reichenbach.
21h Clube da Luta (Fight club), de David Fincher
EUA, Alemanha, 1999, 35mm, cor, 139' | Legendas em português
Com: Brad Pitt, Edward Norton, Helena Bonham Carter. Um executivo que trabalha numa companhia de seguros sofre com problemas de insônia. Para tentar se curar, ele começa a frequentar terapias em grupo, até conhecer Tyler, com quem forma o clube da luta. Baseado em romance homônimo de Chuck Palahniuk.

SEXTA 17/06
SALA PETROBRAS
19h
Engraçadinha Depois dos Trinta, de J. B. Tanko
Rio de Janeiro, 1966, 35mm, pb, 95’
Com Irma Alvarez, Fernando Torres, Vera Vianna, Nestor Montemar. Depois do casamento, Engraçadinha leva a vida de maneira recatada e pudica. O comportamento de sua filha, no entanto, parece instigar os impulsos que a mãe abandonara na adolescência. Adaptação de Asfalto Selvagem, de Nelson Rodrigues.
SALA BNDES
21h A Teia de Chocolate

SÁBADO 18/06
SALA PETROBRAS
16h
Lavoura Arcaica, de Luiz Fernando Carvalho
Com Selton Melo, Simone Spoladore, Raul Cortez, Leonardo Medeiros
Brasil, 2001, 165’, cor, 35mm. Na provinciana São Paulo da década de 40, Pedro é incumbido por sua mãe de trazer André, seu irmão mais novo, de volta para casa. Porém, o rapaz ainda tem as duras lembranças dos motivos que o levaram a sair de casa girando em sua mente. Baseado no romance homônimo de Raduan Nassar.
19h Desejo Humano
21h Oswaldianas, de Júlio Bressane, Ricardo Dias, Roberto Moreira, Lúcia Murat, Rogério Sganzerla e Inácio Zatz
com Helena Ignez, Rosi Campos, José de Abreu, Lígia Cortez, Paloma Rocha
Brasil, 1992, cor, 35mm, 143’. Oswaldianas é um filme em cinco episódios (Quem Seria o Feliz Conviva de Isadora Duncan?; Daisy das Almas deste Mundo; A Princesa Radar; Uma Noite com Oswald; Perigo Negro) baseados na obra do escritor brasileiro Oswald de Andrade e dirigidos por grandes nomes do cinema brasileiro como Júlio Bressane e Rogério Sganzerla. Um dos raros longas-metragens produzidos no Brasil durante o período Collor.

DOMINGO 19/06
SALA PETROBRAS
17h
O Tempo Redescoberto (Le temps retrouvé, d'après l'oeuvre de Marcel Proust), de Rauol Ruiz
Com Catherine Deneuve, Emmanuelle Béart, Vincent Perez
França/Itália/Portugal, 1999, cor, 35mm, 169’| Legendas em português. O famoso escritor francês Marcel Proust está em seu leito de morte. Admirando algumas fotos, ele relembra sua vida. As personalidades reais que conheceu misturam-se com os muitos personagens que criou durante sua carreira, como Odette, Gilberte e Albertine. Os dias felizes de sua infância confundem-se com as memórias recentes de sua vida social, de seu reconhecimento como mestre das letras e dos dramáticos momentos vividos durante a Primeira Guerra Mundial. Baseado na obra-prima de Proust, Em Busca do Tempo Perdido.
20h A Professora de Piano

QUINTA 23/06
SALA PETROBRAS
18h
Oswaldianas
21h O Doce Amanhã

SEXTA 24/06
SALA PETROBRAS
18h
Lavoura Arcaica
21h Tempestade de Gelo

SÁBADO 25/06
SALA PETROBRAS
17h
Estorvo
21h Engraçadinha Depois dos Trinta
SALA BNDES
19h Alta Fidelidade

DOMINGO 26/06
SALA PETROBRAS
16h
Filme Demência
18h Os Inconfidentes
20h O Tempo Redescoberto

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus