Time Out São Paulo

Retrospectiva Glauber Rocha

Este evento terminou

Retrospectiva Glauber Rocha

Data 28 Jul-21 Ago

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana

Telefone (11) 3512 6111

A mostra é uma homenagem ao cineasta baiano Glauber Rocha. No próximo dia 22 de agosto completam-se 35 anos da morte dele, um diretor de importância mundial e figura fundamental da nossa cinematografia. O festival abre o semestre de comemorações de 70 anos de fundação da Cinemateca Brasileira.

Além de exibir grandes clássicos do cineasta, como Deus e o Diabo na Terra do Sol, Terra em Transe, O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro e A Idade da Terra, a mostra traz raridades como Câncer e História do Brasil, curtas e suas pouco vistas coproduções, filmadas no exílio, como Cabeças Cortadas e O Leão de Sete Cabeças. Todos os filmes serão exibidos em cópias do acervo da Cinemateca Brasileira, algumas delas em novos materiais nunca exibidos no Brasil.

Nascido em Vitória da Conquista (Bahia) em 14 de março de 1939, Glauber realizou seu primeiro curta-metragem com 20 anos: Pátio, com Helena Ignez, com quem se casaria e teria a filha Paloma. A estreia em longas-metragens veio com Barravento, cujas filmagens conturbadas foram iniciadas por Luiz Paulino dos Santos e Glauber na produção executiva. Glauber conclui as filmagens e reaproveita partes do material, em sua primeira parceria com Antonio Pitanga, um dos atores constantes em sua obra. O filme recebe o Prêmio Opera Prima no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary, na Tchecoslováquia.

Sua consagração vem em seguida, com a repercussão do Cinema Novo e a estreia de Deus e o Diabo na Terra do Sol, um clássico imediato exibido no Festival de Cannes. Ele voltaria dois anos depois, com Terra em Transe, recebendo o Prêmio FIPRESCI no Festival de Cannes. Logo depois, Glauber retoma o personagem de Deus e o Diabo..., Antonio das Mortes, em O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, com fotografia de cores sólidas e saturadas de Affonso Beato, pelo qual recebeu o prêmio de melhor diretor no Festival de Cannes em 1969.

Em seu trabalho posterior, Câncer, ele radicaliza as experiências com o tempo cinematográfico e o improviso, filmando em 16mm. O filme só concluído alguns anos depois. Diante da incessante censura imposta pelo golpe militar e a possibilidade de filmar pelo mundo, Glauber inicia uma série de filmes coproduzidos pela Itália, França e Espanha durante a década de 1970, como O Leão de Sete Cabeças, filmado no Congo; e Cabeças Cortadas, filmado na Espanha. Paralelamente, ele faz um documentário de montagem, História do Brasil, numa reinterpretação pessoal do país de 1500 aos anos 1970.

De volta ao Brasil, Glauber filma o velório do pintor Emiliano Di Cavalcanti em Di Cavalcanti Di Glauber, vencedor do Prêmio do Júri em Cannes e, para a televisão, Jorjamado no Cinema, livre perfil do escritor Jorge Amado. Atendendo ao convite de Fernando Barbosa Lima, ele participa do programa 'Abertura', na TV Tupi, em que entrevista intelectuais, políticos e artistas, com grande repercussão, e realiza seu último longa-metragem, A Idade da Terra, um grandioso épico partindo da ideia da vida de Cristo no Terceiro Mundo. O filme é exibido no Festival de Veneza e causa grande polêmica, além de render a Norma Bengell o prêmio de melhor atriz. Menos de um ano depois, em 22 de agosto de 1981, Glauber falece no Rio de Janeiro, deixando muitos projetos não filmados, esboços, textos e uma brilhante filmografia.

Confira a programação completa:

QUINTA (28/07)
SALA BNDES
19h - Pátio | Barravento
21h - Deus e o Diabo na Terra do Sol

SEXTA (29/07)
SALA BNDES
19h - Cabeças Cortadas
21h - Aamzonas, Amazonas  | O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro

SÁBADO (30/07)
SALA BNDES
16h - O Leão de Sete Cabeças
SALA PETROBRAS
17h30 - Câncer
ÁREA EXTERNA
20h30 Maranhã 66 | Terra em Transe

DOMINGO (31/07)
SALA BNDES
17h - História do Brasil
20h - Claro

QUINTA (04/08)
SALA BNDES
19h - Programa Abertura I
21h - Programa Abertura II

SEXTA (05/08)
SALA BNDES
19h - Jorjamado no Cinema
20h30 - Programa Abertura – Fragmentos

SÁBADO (06/08)
SALA BNDES
18h - A Idade da Terra
ÁREA EXTERNA
20h30 - Amazonas, Amazonas | O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro

DOMINGO (07/08)
SALA BNDES
17h - Pátio | Barravento
19h - Cabeças Cortadas
21h - Maranhão 66 | Terra em Transe

QUINTA (11/08)
SALA BNDES
19h - O Leão de Sete Cabeças
21h - Claro

SEXTA (12/08)
SALA BNDES
19h - História do Brasil

SÁBADO (13/08)
SALA BNDES
16h - DI Cavalcanti | Jorjamado no Cinema
17h30 - Cabeças Cortadas
20h30 - Deus e o Diabo na Terra do Sol

DOMINGO (14/08)
SALA BNDES
18h - Pátio | Amazonas, Amazonas | Maranhão 66 | Jorjamado no Cinema
20h - A Iadade da Terra

QUINTA (18/08)
SALA BNDES
19h - Deus e op Diabo na Terra do Sol
21h - Terra em Transe

SEXTA (19/08)
SALA BNDES
19h - O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro
21h30 - Cabeças Cortadas

SÁBADO (20/08)
SALA BNDES
16h - A Idade da Terra
18h30 - Barravento
SALA PETROBRAS
20h30 - Câncer

DOMINGO (21/08)
SALA BNDES
16h - O Leão de Sete Cabeças
18h30 - História do Brasil
21h - Claro

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus