Time Out São Paulo

Mostra de Filmes Hip Hop

Este evento terminou

Mostra de Filmes Hip Hop

Data 28 Set-04 Out

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Rua Augusta, 2075, Jardim Paulista

Telefone (11) 3087 0500

Estações próximas
Metrô 2, Consolação

A mostra chega a sua 3ª edição com uma homenagem ao premiado diretor Bobbito Garcia, um dos expoentes do Hip Hop de Nova York. Com a curadoria de Rodrigo Brandão (conhecido também como Gorila Urbano), o evento reúne diversos títulos que celebram a cultura Hip Hop,​ entre longas e curtas, ficções ​e​ documentário​s, divididos nos programas: Old School, Raiz de Rua, DJ, Original Gangsta e Obra Inacabada. Toda programação tem entrada gratuita.

O festival abre com a exibição do filme Wave Twisters, de Syd Garon e Eric Henry, inédito no Brasil e que completa 15 anos em 2016. A sessão especial conta com a presença do DJ Q-BERT - considerado o melhor de todos os tempos pelos próprios DJs - que fará uma apresentação exclusiva. O filme, que é o primeiro musical do gênero feito todo em animação, foi construído com base no disco homônimo de Q-Bert.

No programa Old School, uma seleção com três clássicos que até hoje são referências não só no movimento Hip Hop, mas também em outros universos. São eles: Krush Groove (1985), dirigido por Michael Schultz, baseado na ascensão da gravadora Def Jam; Beat Street - A Loucura Do Ritmo, de Stan Lathan (1984), grande responsável por propagar a cultura hip hop no Brasil nos anos 1980; e Breakin', do diretor Joel Silberg (1984), que também ajudou a popularizar a dança de rua e os elementos do hip hop, com Lucinda Dickey e os estreantes Ice-T e Jean-Claude Van Damme.

No programa Original Gangsta, dois títulos que retratam o realismo das gangues dos anos 1990. São eles: New Jack City - A Gangue Brutal, de Mario Van Peebles (1991), sobre um traficante de crack que é perseguido por policiais e um ex-viciado; e Os Saqueadores (Trespass), de Walter Hill (1992), sobre dois bombeiros que topam com uma perigosa gangue executando um rival. Em ambos os filmes, a trilha sonora é assinada por grandes nomes do rap como Ice-T, Ice Cube, Public Enemy, entre outros.

Dois documentários dirigidos pelo rapper, músico, e produtor Adam Yauch, o MCA dos Beastie Boys, falecido em 2012, estão no programa Beastie Boys. Para quem perdeu as duas passagens históricas da banda no Brasil ou quer matar saudade, não pode perder a exibição do documentário Awesome; I Fuckin' Shot That!, ​​registro do show de 2004, feito por fãs e uma equipe de filmagem. Na apresentação, a banda fez uma releitura de sua carreira, mesclando músicas novas e antigas como 'Pass the Mic', 'Brass Monkey', 'Sabotage', 'Intergalactic', 'Paul Revere' e 'So What'cha Want'.

Já em Gunnin’ For That #1 Spot, o diretor mostra a carreira de jogadores profissionais de basquete, desde a passagem pela faculdade até o estrelato na NBA, com depoimentos de Michael Beasley, do Kansas State, Kevin Love, da UCLA, Jerryd Bayless, Tyreke Evans, Donte Greene, Brandon Jennings, Kyle Singler e Lance Stephenson.

No programa Raiz de Rua, serão exibidos Pixadores, de Amir Escandari, que mostra a história dos pichadores Djan, William, Ricardo e Biscoito, que atacaram o mundo das artes durante anos e participaram da Bienal de Berlin, evento que mudou a vida deles; e Hip Rap Hop, uma produção da Redbull, que resgata a história do primeiro disco de rap do Brasil, do grupo Região Abissal.

O programa DJ mostra a criatividade e paixão pela música dos DJs PG, Kefing, Tamenpi e Sleep no curta Record Store Day, de André Almeida, e suas experiências pessoais com os vinis, desde seus primeiros contatos até a preferência; e o já o citado Wave Twisters, de Syd Garron e Eric Henry, totalmente baseado na obra homônima do DJ Q-Bert.

Para completar a programação, a mostra promove ainda um debate sobre a construção de um documentário de hip hop, no programa Obra Inacabada. O evento, que acontece no sábado, 01/10, às 17h, exibe pela 1ª vez o teaser do doc Poesia Concreta (ainda em fase de produção), que conta a história do rap underground de SP, através de artistas como Espião, Ascendência Mista, Elo da Corrente, Academia Brasileira de Rimas, Nitro, Ogi, Mamelo Sound System, e outros. Após a exibição, os diretores do filme convidam o público para um bate-papo.

Bobbito Garcia
Considerado uma lenda urbana em Nova York, Bobbito Garcia - conhecido também como Kool Bob Love - ajudou a difundir artistas de rap como Wu- Tang Clan, Jay-Z, Notorious B.I.G e Nas, através do programa de rádio que apresentava, junto com o DJ Stretch Armstrong, nos anos 1990. A história pode ser conferida no documentário Stretch and Bobbito: Radio That Changed Lives, inédito no Brasil.

Bobbito também é DJ, guru dos sneaker-maníacos, colecionador de discos e jogador de pick up basketball, assunto sobre o qual dirigiu um documentário junto com Kevin Couliau, intitulado Doin’ It In The Park: Pick-up Basketball, NYC, exibido pela primeira vez no país, que explora a história, cultura e impacto social dos praticantes de basquete de rua.

Já em ​We Like It Like That​ - The Story of Latin Boogaloo, o homenageado assina a produção​ do documentário sobre o Latin Boogaloo, gênero de música e dança latina que foi muito popular em Nova York no final dos anos 1960. Outro filme inédito por aqui.

Confira a programação completa da mostra na página facebook.com/MostraFilmesHipHop.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus