Time Out São Paulo

3ª Mostra de Cinema MOSFILM

Este evento terminou

3ª Mostra de Cinema MOSFILM

Data 22-27 Nov

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Mariana

Telefone (11) 3512 6111

A 3ª edição da mostra exibe 10 produções de diferentes épocas e gêneros, realizadas pelo maior e mais antigo estúdio de cinema da Rússia. Fundado em 1924, o Mosfilm possui um acervo de 2500 obras da era soviética e pós- soviética, cuja grande maioria é inédita no Brasil. Totalmente restaurado em 2015, Aleksandr Nevsky, obra-prima de Serguey Eisenstein, abre o festival. 

Confira a programação completa com sinopses:

22/11 (terça-feira) - SALA BNDES | 20:00

20h - Aleksandr Nevsky (Aleksandr Nevskiy/1938)
Direção: Sergei Eisenstein
Na primeira metade do século XIII, o príncipe russo Alexandr Nevsky organiza um exército popular que derrota a invasão dos cavaleiros teutônicos. Com trilha musical de Prokofiev, o filme foi cuidadosamente restaurado em 2015.

23/11 (quarta-feira) - SALA BNDES
19h - Noite de inverno em Gagra (Zimniy vecher v Gagrakh/1985)
Direção: Karen Shakhnazarov
Ex-famoso dançarino de sapateado leva uma vida discreta, mas sonha em repetir o sucesso dos anos 1950. A oportunidade virá quando o programa de TV "Nomes Esquecidos" informa, erroneamente, que ele morreu.

24/11 (quinta-feira) - SALA BNDES
19h - Arsenal
Direção: Aleksandr Dovzhenko (Aрсенал/1929)
No segundo filme da trilogia silenciosa de Dovzhenko, que compreende Zvenigora, Arsenal e Terra, um veterano bolchevique da 1ª Guerra Mundial promove um levante dos operários da fábrica de armamentos Arsenal contra o governo burguês de Kiev.
21h - O Quadragésimo Primeiro (Sorok pervyy/1956)
Direção: Grigori Chukhray
Exímia atiradora do Exército Vermelho, com cartel de 40 inimigos abatidos, Maryutka se apaixona pelo prisioneiro sob sua escolta, o tenente Vadim Nikolaieich, do Exército Branco. Filme de estreia de Grigori Chukhray, baseado na obra de Boris Lavrenyov.

25/11 (sexta-feira) - SALA BNDES
19h - Um Acidente de Caça (Moy laskovyy i nezhnyy zver/1978)
Direção: Emil Loteanu
Adaptado da novela de Anton Chekhov, publicada como folhetim em 1884-85 e considerada precursora do romance policial psicológico, o filme penetra no vazio moral da aristocracia decadente ao narra o drama da jovem Olga, cobiçada por três homens de meia-idade.
21h - Cossacos de Kuban (Kubanskie kazaki/1949)
Direção: Ivan Pyryev
Nas estepes do rio Kuban, dois kolkhozes (cooperativas agrícolas) competem para ver quem consegue colher mais trigo. Realizado em cores, Cossacos do Kuban foi a maior produção musical do cinema soviético.

26/11 (sábado) - SALA BNDES
16h30 - Aleksandr Nevsky
18h30 - Boris Godunov (1986)

Direção: Serguey Bondarchuk
Bondarchuk estrela e dirige a tragédia escrita por Pushkin, ambientada nos anos 1598-1605, às vésperas da "era das perturbações". O tema, também compartilhado pela ópera de Mussorgsky, é a ascensão e queda do czar Boris Godunov frente a um jovem monge que se faz passar pelo filho do czar Ivan IV, o Terrível.
21h - A Estrela (Zvezda/2002)
Direção: Nikolay Lebedev
O grupo especial do Exército Vermelho, conhecido como A Estrela, é enviado a uma missão de reconhecimento atrás das linhas inimigas, no verão de 1944. Refilmagem do romance homônimo de Emmaunuil Kazakevich, publicado em 1947, com sucesso instantâneo de público e crítica.

27/11 (domingo) - SALA BNDES
17h45 - O conto do czar Saltan (Skazka o tsare Saltane/1966)
Direção: Aleksandr Ptushko
Imortalizado na ópera de Rimsky-Korsakov, o poema de Aleksandr Pushkin sobre uma rainha traída pelas irmãs invejosas e exilada em uma ilha mágica com seu filho, recebe a adaptação do mestre dos efeitos especiais soviético, cujas animações se integram à realidade com rara inteligência e leveza.
20h - Solaris (Solyaris/1972)
Direção: Andrei Tarkovsky
Grande Prêmio do Júri e Prêmio da Crítica Internacional no Festival de Cannes de 1972, o filme é baseado na novela de Stanislaw Lem, que conta a história da investigação sobre um planeta dotado de inteligência capaz de penetrar no íntimo dos seres humanos e materializar clones de suas mais secretas lembranças.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus