Time Out São Paulo

43º Festival Sesc Melhores Filmes

Este evento terminou

43º Festival Sesc Melhores Filmes

Preço de R$ 3.50 até R$ 12

Data 05-19 Abr

Horário de abertura Confira os horários das sessões na programação.

Rua Augusta, 2075, Jardim Paulista

Telefone (11) 3087 0500

Estações próximas
Metrô 2, Consolação

O tradicional festival exibe filmes escolhidos pela crítica e pelo público como os melhores longas de 2016 nas categorias de melhor filme, direção, fotografia, roteiro, atriz, ator e documentário para filmes brasileiros e melhor filme, direção, ator e atriz para os filmes estrangeiros.

Na abertura do evento será exibido o longa-metragem Cora Coralina – Todas as Vidas, de Renato Barbieri, em homenagem ao produtor e diretor Márcio Curi, falecido em 22 de novembro 2016. Márcio Curi nasceu em Niterói, mas vivia em Brasília e faz parte da história do cinema na capital federal. Entre os destaques produzidos por Curi estão A TV que Virou Estrela de Cinema, de Yanko Del Pino, Loucos por Cinema, de André Luiz de Oliveira e Filhas do Vento, de Joel Araújo, entre outros. Cora – Todas as Vidas foi sua última produção.

A votação do Festival Sesc Melhores Filmes foi feita via Internet. No total, mais de cinco mil votos do público foram computados. Uma consulta direta foi realizada à crítica especializada de todo o país, e contou-se com os votos de mais de 100 profissionais. Entre os destaques da 43ª edição da mostra, filmes como A Chegada, de Denis Villeneuve; Capitão Fantástico, de Matt Ross; O Silêncio do Céu, de Marco Dutra; Filho de Saul, de László Nemes; Boi Neon, de Gabriel Mascaro; Aquarius, de Kleber Mendonça Filho; Depois da Tempestade, de Hirokazu Koreeda; Cinema Novo, de Eryk Rocha; O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra; O Cavalo de Turim, de Bela Tarr; Elle, de Paul Verhoeven, entre outros.

confira a lista completa de filmes participantes e a programação no site sescsp.org.br/melhoresfilmes.

Clássicos do Cinema
Nesta edição, o festival traz seis sessões especiais para versões restauradas 4K de três clássicos do cinema: Lawrence da Arábia, de David Lean, com Peter O’Toole e Omar Sharif; Crepúsculo dos Deuses, de Billy Wilder; e O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola.

Audiodescrição e Legendagem Open Caption
Todas as sessões terão audiodescrição e legendas open caption. Ambos os recursos incluem pessoas com deficiências visual e auditiva na experiência do cinema. A audiodescrição consiste na descrição de todas as informações que compreendemos visualmente e que não estão contidas nos diálogos, como as expressões faciais e corporais, informações sobre o ambiente, figurinos, efeitos especiais, mudanças de tempo e espaço, além da leitura de créditos, títulos e qualquer informação escrita na tela. Ela é feita ao vivo por atores e acontece nos espaços entre os diálogos e nas pausas sonoras do filme. Somente os espectadores que recebem fones especiais escutam a audiodescrição, geralmente pessoas com deficiência visual ou com visão diminuída. Já a legenda open caption é vista por todos os espectadores, e consiste numa legenda a mais no filme, descrevendo os sons além dos diálogos. Os deficientes auditivos se utilizam desse recurso.

Cineclubinho
Ao longo do Festival Sesc Melhores Filmes, o Cineclubinho acontecerá aos domingos, 11h, com a exibição de filmes para o público infantil. Todas as sessões são gratuitas e contarão com audiodescrição e legendagem open caption.

Debates
Outros destaques desta edição do festival são os debates e conversas entre convidados especiais que abordarão diferentes temas ligados ao cinema. Serão dois Seminários da Crítica e ainda um Cinema da Vela especial. Confira as informações sobre essas atrações no site sescsp.org.br/melhoresfilmes.

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Mapa


     Se o mapa ou detalhes deste estabelecimento estão incorretos, entre em contato

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus