Time Out São Paulo

Os filmes da semana -10/5/2013

Aproveite as estreias de cinema da semana com as nossas sinopses comentadas


As últimas semanas têm trazido vários filmes de terror, alguns de qualidade (Mama e A Morte do Demônio), outros nem tanto. O “nem tanto”, infelizmente, é o caso desta sexta, em que O Último Exorcismo – Parte 2 baixa nas telas paulistanas. Veja se tiver tempo, ou se o irmão caçula insistir muito para ir.

Opções menos óbvias são o elogiadíssimo Reality – A Grande Ilusão, de Matteo Garrone, e o emocionante documentário brasileiro Elena, de Petra Costa.

O Último Exorcismo - Parte 2   | Elena | Cores | O Que Se MoveUma Ladra Sem Limites | Reality – A Grande Ilusão | Amor Profundo

O Último Exorcismo - Parte 2 (The Last Exorcism Part II)




Iniciando do ponto onde o primeiro filme terminou, reencontramos a adolescente Nell, imunda e aterrorizada, no meio de uma floresta. Sua família está morta e ela tenta recomeçar a vida. No entanto, aquele mesmo demônio de outrora volta em seu encalço. Programa rotineiro que talvez assuste os impressionáveis. Os sustos escorrem pelo filme, menos por um trabalho de construção do suspense e mais pela utilização de recursos manjados, via trilha sonora e cortes previsíveis. Não é possível que o demônio seja tão óbvio.

Dir. Ed Gass-Donnelly, EUA, 2013. Ashley Bell, Julia Garner, Spencer Treat Clark, David Jensen, Louis Herthum. 88 min.

Elena

 


Vinte anos após deixar Nova York, a cineasta Petra Costa retorna à cidade a fim de reviver a memória de sua irmã, Elena, que se mudou para lá sonhando em se tornar atriz. O documentário resultante disso é uma experiência lancinante de busca pelo outro.

Dir. Petra Costa, Brasil, 2011. 82 min.

Cores

 


Rodado em preto e branco, Cores trata de três amigos que estão na faixa dos trinta anos e erram pela cidade de São Paulo, sem perspectivas, como se estivessem à deriva. Longa de estreia de Francisco Garcia, oferece um comentário geracional interessante e que parece trabalhar muito bem com a ideia de inação.

Dir. Francisco Garcia, Brasil, 2012. Maria Célia Camargo, Graça de Andrade, Pedro di Pietro, Sinome Iliesco, Guilherme Leme. 95 min.

O Que Se Move

 


Neste outro drama nacional, também uma estreia na direção de longas, três famílias vivenciam algo em relação aos filhos, seja a perda, seja o reencontro.

Dir. Caetano Gotardo, Brasil, 2012. Cida Moreira, Dagoberto Feliz, Wandré Gouveia, Fernanda Vianna. 97 min.

Uma Ladra Sem Limites (Identity Thief)




Mulher rouba a identidade de um sujeito. A fim de recuperá-la, ele viaja à Florida para confrontar a ladra. Esta comédia do mesmo diretor de Quero Matar Meu Chefe talvez segure uma Sessão da Tarde (o que não significa muito, é verdade).

Dir. Seth Gordon, EUA, 2013. Jason Bateman, Melissa McCarthy, John Favreau, Amanda Peet, John Cho. 111 min.

Reality - A Grande Ilusão (Reality)


Os reality shows são devassados nessa comédia em que um peixeiro napolitano se inscreve num desses programas de TV. A partir do momento em que é escolhido para participar, sua vida é virada pelo avesso. O diretor Garrone (do violento Gomorra) encontra o tom certo para satirizar de forma muitas vezes truculenta um certo pesadelo televisivo que todos conhecemos muito bem.

Dir. Matteo Garrone, Itália, França, 2012. Aniello Arena, Loredana Simioli, Nando Paone, Nello Iorio. 116 min. 

Amor Profundo (The Deep Blue Sea)


O veterano cineasta britânico Terence Davies, de Vozes Distantes e O Fim de um Longo Dia, adapta uma célebre peça de Terence Rattigan. A esposa de um juiz envolve-se numa relação extremamente passional com um perturbado piloto da força aérea britânica. O diretor concebe um filme classudo, apoiado no excelente texto e em um elenco irrepreensível.

Dir. Terence Davies, Reino Unido, EUA, 2011. Rachel Weisz, Simon Russell Beale, Tom Hiddleston, Ann Mitchel, Karl Johnson. 98 min.

Escrito por André de Leones
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro