Star Trek - Sem Fronteiras: crítica do filme

Franquia retoma o espírito galhofeiro da série original 

Divulgação
Sofia Boutella e Simon Pegg em cena de Star Trek: Sem Fronteiras

Um dos maiores charmes da série de TV Jornada nas Estrelas – aquela dos anos 1960 – era a aura ‘kitch’ que carregava, dando pitadas de humor (intencionais ou não) a tramas de ficção-científica com elementos mais profundos que o espírito “capa e espada” de outras sagas do gênero, como Guerra nas Estrelas, por exemplo. Porém, no cinema, as aventuras da tripulação da nave USS Enterprise ganharam um aspecto mais sério e sorumbático – com algumas raras exceções – e foram se afastando de suas raízes. Felizmente, esse não é o caso de Star Trek: Sem Fronteiras, de Justin Lin.

No terceiro ano de sua missão de cinco anos explorando o espaço, o Capitão Kirk (Chris Pine), seu braço direito, o Comandante Spock (Zachary Quinto), e a tripulação da Enterprise recebem um pedido de socorro de uma sobrevivente de um ataque liderado por Krall, um ferrenho inimigo da Federação Unida dos Planetas, que planeja um atentado contra a capital da aliança estelar. Durante a missão de resgate, a Enterprise é destruída e Kirk, Spock, o Dr. McCoy (Karl Urban), Scotty (Simon Pegg) e uma nova aliada, Jaylah (Sofia Boutella), tentam acabar com o plano maligno de Krall.

O filme mais parece um episódio da série original esticado, com muitos momentos hilários, alguns ridículos, os conflitos entre tripulantes de temperamentos distintos (como o clássico embate entre o lógico Spock e o emocional McCoy), aventura desenfreada e até questões filosóficas. Esse espírito galhofeiro se deve muito à incursão do britânico Simon Pegg como um dos roteiristas da trama. Tudo bem que ele não resistiu a dar mais espaço ao seu Scotty, mas ele trouxe de volta a diversão à franquia, assim como o fez em Todo Mundo Quase Morto (2004), quando o apocalipse zumbi ganhou um retrato mais engraçado.

Escrito por Rafael Argemon
 

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus
 

© 2011 - 2016 Time Out Group Ltd. All rights reserved. All material on this site is © Time Out.