Time Out São Paulo

Melhores parques da cidade

Grandes áreas verdes detonam o mito de que São Paulo é uma cidade cinza


São Paulo já não é mais chamada de ‘terra da garoa’ há tempos, e o apelido carinhoso foi trocado pela dura expressão ‘selva de pedra’ conforme o concreto foi se alastrando e tirando da frente as poucas árvores das ruas. Mas esta é apenas mais uma de suas contradições: a cidade não é feita apenas de uma mancha cinza. Para provar que você pode – e deve – aproveitar os tons de verde daqui, confira a seguir os 5 parques selecionados.
 

Parque do Carmo

Seu nome de batismo veio da Ordem das Carmelitas, quando o parque ainda era uma fazenda. Hoje é um dos maiores da cidade: são cerca de 1,5 milhão de metros quadrados para você se isolar de tudo e, quem sabe, de todos. Não deixe de visitar o planetário e, se quiser um pouco mais de adrenalina, a trilha de ciclismo, ideal para praticantes de mountain bike.
Avenida Afonso de Sampaio e Souza 951, Parque do Carmo, zona leste, (11) 2748 0010, 6h-18h.

Leia mais sobre o Parque do Carmo

Villa-Lobos

O Parque Villa-Lobos é ainda um adolescente – foi inaugurado há apenas 17 anos. Suas árvores mais velhas já estão grandes e frondosas, mas amplos gramados expostos ao sol ainda dominam a paisagem. Trilhas de concreto para jogging e bicicleta circundam campos de futebol, quadras e equipamentos para ginástica. Alugue uma bicicleta, um skate ou patins e aproveite tudo sobre rodas.
Avenida Professor Fonseca Rodrigues 1655, Alto de Pinheiros, zona oeste, (11) 3023 0316, 6h-18h, www.ambiente.sp.gov.br/parquevillalobos.

Cantareira

O Parque Estadual da Cantareira, tombado pela UNESCO, é uma das maiores áreas de mata nativa dentro de uma região metropolitana. São 8 mil hectares de área – aproximadamente oito mil campos de futebol, de remanescentes da Mata Atlântica. O espaço é formado por quatro núcleos abertos à visitação: Pedra Grande, Engordador, Cabuçu e Águas Claras, além de 14 trilhas.
Rua do Horto, 1799, Horto Florestal, zona norte, (11) 6232-5049, R$2, grátis para menores de 10 e maiores de 60, sáb - dom, 8h-16h.

Ibirapuera

São Paulo merece o Parque do Ibirapuera, um oásis de calma em meio ao caos urbano. Seus dois quilômetros quadrados têm muito a oferecer: duas pista de jogging por entre as árvores; aluguel uma bicicleta e ciclovia; aula gratuita de yoga ou capoeira. Ou ainda, saborear uma água de coco gelada, sentar e aproveitar a apenas relaxar ouvindo o canto das mais de 120 espécies de pássaros que vivem por ali.
Av. Pedro Álvares Cabral, Moema, zona sul, metrô 2, Brigadeiro ,  (11) 5574-5177, www.parqueibirapuera.org, seg - dom - 8h - 18h.

Parque Trianon

Denso, exuberante e deliciosamente sombreado, o Parque Trianon é uma surpresa agradável em meio ao agitado centro empresarial da Avenida Paulista.  Única reserva da Mata Atlântica da região, sua infra-estrutura conta com a Trilha do Fauno, de 600 metros e 11 estações, além aparelhos de ginástica e playgrounds.
Rua Peixoto Gomide 949, Jardim Paulista, metrô 2, Trianon, (11) 3289 2160, diariamente, 6h - 18h

Escrito por Time Out São Paulo editors
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro