Time Out São Paulo

A festa nunca termina

Todo dia é dia de balada no mundo gay paulistano


O clima pode estar frio, mas a cena gay ferve em São Paulo. Com baladas noturnas lotadas, pontos de encontro e paquera e uma variedade de bares e restaurantes gays e simpatizantes você tem à disposição uma infinidade de festas na cidade.

Para os meninos, a balada de sexta-feira começa de um jeito bem ‘popular’: Lions Nightclub, Bubu Lounge e The Society atraem multidões com mixagens originais e eletrônicas e uma generosa dose de Lady Gaga e Beyoncé. Mas as meninas não ficam para trás, e podem se acabar na pista do The L Club.

Nas tardes de sábado de tempo bom, tome um sol na Praça do Porquinho, no Parque do Ibirapuera ou na Praça Benedicto Calixto; se estiver frio ou chovendo, você com certeza encontrará um paquera no Shopping Frei Caneca.

E a festa continua à noite, com a potência eletrônica da The Week, seguida pelo Flex Club (Av. Marquês de São Vicente, 1767, Barra Funda, 3611-3368, flexclub.com.br) e pelo Club Yatch (R. 13 de Maio 701, Bela Vista, 3104-7157, clubyacht.com.br). As manhãs podem começar na sauna Splash 720 (R. Guaicurus 720, Lapa, 4329-0204, splash720.com.br), ou continuar a noite anterior curtindo um dos after-hours, como o da Cantho.

As noites de domingo também são selvagens nos bares em torno do decadente Largo do Arouche, no Centro, onde não faltam bebidas baratas e muita diversão, incluindo o impressionante show de drag queen na Blue Space e a música house pesada no recém-aberto Club Infinity (Av. Francisco Matarazzo, 694, Barra Funda, 3862-9074, clubinfinity.com.br). Durante a semana, a programação esfria, mas somente um pouquinho.

Segundas e terças são bons dias para encontrar seus amigos para comer e beber em um dos populares bares e restaurantes do circuito gay paulistano – destaque para o Spot, com público mais sofisticado, o Athenas, mais informal, na região da Augusta, e O Gato – ou para se arriscar em casas mais discretas, como Barão da Itararé (R. Peixoto Gomide, 155, Consolação, 3237-2047, baraodaitatare.com.br) ou Clube Flamingo (R. Antônio Carlos, 395, Consolação, 7761-0550, clubeflamingo.com.br).

Nas noites de quarta-feira, o Sonique Bar promove a festa dançante Supersonique, enquanto as quintas-feiras são insanas n’A Lôca – depois do esquenta no Bar da Lôca (R. Peixoto Gomide, 106, Consolação, 3256-1946), ali perto e que fica lotado. São Paulo é gay 24 horas por dia, sete dias por semana, 365 dias por ano.

Escrito por Ernest White II
Compartilhe

Comentários dos leitores

blog comments powered by Disqus

Outras notícias recomendadas

Os filmes da semana – 01/12/2016

Ceia de Natal da Casa Santa Luzia

Rodízio de brigadeiro